Ponte de Serves

IPA.00000303
Portugal, Braga, Guimarães, Gondar
 
Ponte de arco de origem medieval, mas totalmente adulterada por trabalhos recentes de restauro, com tabuleiro horizontal sobre quatro arcos desiguais, de volta perfeita.
Número IPA Antigo: PT010308210021
 
Registo visualizado 453 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Transportes  Ponte / Viaduto  Ponte pedonal / rodoviária  Tipo arco

Descrição

Ponte de tabuleiro horizontal sobre quatro arcos desiguais de volta redonda. Dois dos pilares são reforçados por contrafortes com talhantes e talhamares triangulares. Encontra-se totalmente adulterada com os arcos renovados com aduelas novas, paramentos rebocados a cimento e guardas de ferro novas. Na entrada O., do lado direito, tem uma pequena capela de época moderna.

Acessos

EN 206 (Guimarães - Vila Nova de Famalicão); EN 310 (para Santo Tirso); EM 574 (Gondar - Pedome); Lugar da Ponte de Serves

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto nº 28 536, DG, I Série, nº 66 de 22 Março 1938

Enquadramento

Rural, isolado, sobre o rio Ave, integrado na antiga estrada Guimarães - Vila Nova de Famalicão. Os acessos à ponte estão enquadrados por casas e quintais numa densidade quase urbana.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Transportes: ponte

Utilização Actual

Transportes: ponte

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Época medieval

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1185 - primeira referência documental à ponte, que então se construía, no testamento de D. Fernando Martins (ALMEIDA 1968 / 194); 1944, 14 abril - ameaçando ruína já há alguns anos ruiu a base de um dos arcos e abriu uma brecha no pavimento; 1966 - é novamente proposta a desclassificação.

Dados Técnicos

Materiais

Granito.

Bibliografia

ALMEIDA, CARLOS ALBERTO FERREIRA de, Vias Medievais. I Entre Douro e Minho, Porto, 1968, p. 194 - 195. Tesouros Artísticos de Portugal, Lisboa, 1976; Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado, Inventário, Lisboa, 1993, vol. II, Distrito de Braga, p. 60.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

Direcção dos Serviços de Urbanização: 1950 - obra de reforço e alargamento da ponte, o que a adulturou completamente, tendo-se posteriormente proposto a sua desclassificação.

Observações

*1 - A Ponte de Serves faz a separação entre a freguesia de Gondar, concelho de Guimarães, e a de Pedome, concelho de Vila Nova de Famalicão.

Autor e Data

Isabel Sereno e Paulo Dordio 1994

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login