Estação Ferroviária de Almendra

IPA.00029785
Portugal, Guarda, Vila Nova de Foz Côa, Almendra
 
Arquitectura de comunicação e transportes, do séc. 20. Estação de caminhos-de-ferro, de tipo combinado, composta por um edifício principal, de acesso aos passageiros, sanitários, edifícios para instalação de funcionários e armazém de mercadorias. Nas fachadas principal do edifício principal apresenta azulejos brancos e vermelhos de composição geométrica.
Número IPA Antigo: PT010914010253
 
Registo visualizado 68 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Transportes  Apeadeiro / Estação  Estação ferroviária  

Descrição

Acessos

EN332. WGS84 (graus decimais): lat. 41.034934º, long. -7.003154º

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Rural, isolado, na margem S. do Rio Douro, junto à linha de caminho de ferro desactivada entre o Pocinho e Barca D'Alva. Implanta-se em terreno plano, envolvido por montes com mato rasteiro, extensos olivais plantados em filas rigorosamente paralelas, algumas aglomerações de amendoeiras e socalcos com plantações de vinhas.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Transportes: estação ferroviária

Utilização Actual

Devoluto

Propriedade

Pública: Estatal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1873 - Início dos trabalhos de construção da Linha do Douro - 1º troço, entre Ermesinde e Penafiel; 1875 - conclusão e inaugurado do 1º troço; 1883 - é inaugurado o troço Pinhão-Tua e decretada a elaboração do projecto definitivo do último troço da Linha do Douro até à fronteira com Espanha, em Barca de Alva; 1887, Janeiro - é aberto à exploração o troço Tua - Pocinho; 9 de Dezembro é inaugurado o último troço da Linha, entre Côa e Barca de Alva, a Ponte Internacional e, do lado espanhol, fica concluído o troço entre Boadilla-La Fuente de San Esteban, ficando o Porto ligado com Salamanca e daqui, via Medina, à Europa; 1985 - As autoridades espanholas decidem encerrar o troço entre Boadilla e Barca de Alva, acabando com o carácter internacional da Linha do Douro; 1987 - foi encerrada a circulação ferroviária entre o Pocinho e a Barca de Alva, ficando este troço ao abandono.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura rebocada e pintada; silhares de azulejos; molduras dos vãos, pilastras, frisos, cornijas e platibanda em cantaria de granito; portas, caixilharias e outras estruturas de madeira; pala metálica; algerozes metálicos; janelas e portas com vidros simples; cobertura exterior em telha cerâmica

Bibliografia

www.linhadodouro.com, 8 de Junho de 2010.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO.

Autor e Data

Ana Filipe 2010

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login