Passos da Via Sacra em Santo Antão do Tojal

IPA.00029758
Portugal, Lisboa, Loures, União das freguesias de Santo Antão e São Julião do Tojal
 
Passos da Via Sacra renascentistas e barrocos, em cantaria, compostos por vãos e adossados a edifícios.
Número IPA Antigo: PT031107140161
 
Registo visualizado 1358 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Estrutura  Religioso  Via Sacra    

Descrição

Conjunto de três Passos da Via Sacra, de grandes dimensões e construídos em cantaria, dispersos pela povoação. PASSO 1 com vão de grandes dimensões e cantarias de calcário recortadas, articulando-se com cornija de volta perfeita e fecho central com lacrimais. PASSO 2 com vão de grandes dimensões e cantarias de calcário, rematado por cornija recta sobrepujada por frontão contra-curvado quebrado, tendo ao centro brasão concheado barroco encimado por cruz. PASSO 3 com grande espaldar de remate contra-curvado, em alvenaria de pedra, tendo ao centro vão renascentista de cantarias em mármore, encimado por entablamento e cornija triangular muito saliente. Sobre o vértice da cornija, uma cruz latina em mármore.

Acessos

Rua Vinte e Cinco de Abril (EN115) (Passo adossado à Casa da Quinta do Loureiro - Passo 1). WGS84 (graus decimais) lat.: 38.854745, long.: -9.143847; Rua Vinte e Cinco de Abril, n.º 10-A (EN115) (Passo barroco - Passo 2). WGS84 (graus decimais) lat.: 38.856908, long.: -9.138903; Rua Martinho Ferreira (Passo quinhentista - Passo 3 *1). WGS84 (graus decimais) lat.: 38.850225, long.: -9.142973

Protecção

Inexistente

Enquadramento

PASSO 1 adossado a casa (v. PT031107140160) inserida numa banda edificada linear, a N. do aglomerado urbano de Santo Antão do Tojal (v. PT031107140170), implantada paralelamente à via pública. A casa está enquadrada a N. pelo Jardim do Largo Francisco Maria Borges e abre directamente para a EN115. As traseiras do edifício confinam com área agrícola em abandono. A E. confina com edifício residencial de um piso e a O. com armazém de dois pisos ocupado por actividade industrial. PASSO 2 adossado à casa térrea n.º 10, situada a O., abrindo directamente para a EN115. Confina com pátio a E. PASSO 3 situado a SO. do aglomerado na transição para zona de campos agrícolas, e na proximidade de lavadouro público. No espaço fronteiro, pavimentado em calçada portuguesa e limitado por muro de calcário, existe um tanque de desenho neo-barroco, tendo a obra sido executada em 2001.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: Via Sacra

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Privada

Afectação

Época Construção

Séc. 16 / 18 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 16 - construção do Passo n.º 3; séc. 18 - construção do Passo n.º 2; séc. 18, 1.ª metade - construção do Passo n.º 1; séc. 19 - inserção de pequena porta no Passo n.º 2; séc. 20, década 90 - obras profundas de remodelação e alteração do Passo n.º 1, de adaptação a café-restaurante; construção de muro, tanque e pavimentação no espaço envolvente do Passo n.º 3; 2001, 08 Outubro - o conjunto dos Passos surge incluído no levantamento do património cultural construído do Concelho de Loures de 1988, anexo ao regulamento do PDM de Loures, RCM149/2001, DR 233 1.ª Série-B, publicado nesta data.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes

Materiais

Estrutura em alvenaria de pedra; cantarias lavradas em calcário e mármore.

Bibliografia

Câmara Municipal de Loures, Património Cultural Construído, Loures, CMLoures, 1988.

Documentação Gráfica

CMLoures: processo administrativo n.º 10603/DPU

Documentação Fotográfica

CMLoures: arquivo Divisão Planeamento Urbanístico

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

JFSANTO ANTÃO DO TOJAL: 2001 - Intervenção na área envolvente do Passo 3, com construção de tanque neo-barroco, muro e pavimentação.

Observações

*1 - Desconhece-se o percurso da Via Sacra e o número atribuível a cada um dos Passos subsistentes, pelo que o número aqui registado não tem qualquer sequência lógica, tendo como objetivo facilitar a compreensão nos demais campos do registo.

Autor e Data

Fernanda Ferreira, Frederico Pinto e Manuel Villaverde (CMLoures) 2010 (no âmbito da parceria IHRU / CMLoures)

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login