Palácio Silveira Fernandes / Palácio dos Fidalgos Silveira Menezes

IPA.00029533
Portugal, Évora, Borba, Borba (Matriz)
 
Arquitectura residencial oitocentista. Palácio senhorial de planta central quadrada, desenvolvida em 3 pisos. Nesta casa jantou D. Pedro V, com os infantes D. Fernando e D. Augusto, que partilhavam o mesmo círculo político do deputado, e então proprietário, José Maria da Silveira Menezes.
Número IPA Antigo: PT040703010033
 
Registo visualizado 101 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial senhorial  Casa nobre  Casa nobre  Tipo planta quadrangular

Descrição

Planta central, quadrada, desenvolvida em três pisos. Fachada principal de 3 registos rasgados por janelas de sacada e janelas de peitoril, de verga recta e curva; portal de cornija saliente de acesso ao pátio central e ao interior da habitação; num dos cunhais modilhão onde assentava a pedra de armas. Fachada posterior ostentando lápide alusiva ao nascimento do poeta Humberto da Silveira Fernandes. INTERIOR: salas com tectos de estuque e paredes revestidas a papel de parede e tecido; oratório; na cozinha grande chaminé com rodapé de azulejos de padrão floral.

Acessos

Rua Humberto da Silveira Fernandes, n.º 16 - 14

Protecção

Categoria: MIP - Monumento de Interesse Público, Portaria n.º 42/2014, DR, 2.ª série, n.º 14 de 21 fevereiro 2014

Enquadramento

Urbano, planície, na Zona Antiga da Vila de Borba, em pleno centro da vila; perto localizam-se um dos Passos de Borba, o Passo do Alto da Praça (v. IPA.00011748), as Cavalariças Reais, a Casa Pereira Trindade (v. IPA.00025334), a E, a Torre da Prisão do Castelo de Borba (v. IPA.00004776), a N., a Caixa de Crédito Agrícola e os antigos Paços do Concelho.

Descrição Complementar

HERÁLDICA: brasão da família: esquartelado, com os símbolos heráldicos dos Silveira, Feio e Castelo Branco.

Utilização Inicial

Residencial: casa nobre

Utilização Actual

Propriedade

Privada: Misericórdia

Afectação

Época Construção

Séc. 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 19 - data provável de edificação pelo vereador municipal José Victorino Juzarte Coelho da Silveira; Séc. 19, 2.ª metade - campanha decorativa do interior patrocinada pelo proprietário José Maria da Silveira Menezes, deputado do círculo de Borba, Estremoz e Vila Viçosa; Séc. 19, finais - o brasão de armas de família é apeado e colocado no interior da casa; 1861 - após visita ao campo da Batalha de Montes Claros (v. IPA.00002721) e aos principais edifícios históricos da vila, o rei D. Pedro V e os infantes D. Fernando e D. Augusto, jantam no palácio; 1907, 16 novembro - aqui nasce o poeta Humberto da Silveira Fernandes; 2001, 3 de dezembro - Proposta de classificação pela CM de Borba; 2002, 14 fevereiro - Informação favorável relativo à proposta de classificação pelo IPPAR/DRÉvora; 2002, 18 de fevereiro - despacho de abertura do processo de classificação pelo Vice-Presidente do IPPAR; 2003, 10 março - o IPPAR/DRÉvora solicita elementos à CM de Borba para instrução do processo de ZEP; 2003, 7 maio - Parecer do Conselho Consultivo do IPPAR propondo a classificação como IIP; 29 maio - despacho de homologação do palácio como Imóvel de Interesse Público pelo Secretário de Estado da Instrução e Cultura; 2006, 20 setembro - a CM de Borba envia ao IPPAR/DRÉvora documentação relativa à instrução processo de ZEP; 2009, 10 dezembro - Proposta da DRCAlentejo para a ZEP dos imóveis classificados e em vias de classificação da Vila de Borba; 2010, 11 fevereiro - devolvida a proposta para a ZEP à DRCAlentejo com despacho do Director do IGESPAR, I.P., para aplicação do Decreto-Lei n.º 309/2009, de 23-10-2009; 2010, 12 novembro - nova proposta de ZEP pela DRCAlentejo; 2011, 23 fevereiro - Parecer favorável à ZEP pela SPAA do Conselho Nacional de Cultura.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

Espanca, Túlio, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Évora, Lisboa,1966.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO

Autor e Data

Rosário Gordalina 2010

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login