Núcleo urbano da vila de Penamacor

IPA.00028033
Portugal, Castelo Branco, Penamacor, Penamacor
 
Núcleo urbano sede municipal. Vila situada em encosta na fronteira da Beira. Vila medieval de fundação de ordem religiosa militar (ordem do Templo), com castelo e cerca urbana; praça de guerra
Número IPA Antigo: PT020507100146
 
Registo visualizado 83 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto urbano  Aglomerado urbano  Vila  Vila medieval  Vila fortificada  Ordem religiosa militar (Ordem do Templo)

Descrição

Acessos

EN233

Protecção

Inclui Castelo de Penamacor (v. PT020507100004) / Pelourinho de Penamacor (v. PT020507100002) / Convento de Santo António (v. PT020507100006) / PP - Plano de Pormenor, Declaração n.º 107/97, DR, 2.ª série, n.º 159 de 12 julho 1997

Enquadramento

Localiza-se no interior do país, a 12Km da fronteira com Espanha, numa pequena colina que se destaca na planície beirã. A paisagem divide-se entre a planície com diversas culturas de cereal, vinha, pequenos pomares, olival, alguns sobreiros e eucaliptos e as pequenas elevações compostas por afloramentos rochosos de granito das mais diversas dimensões. O município divide-se em 12 *1 freguesias e é limitado a N. pelo município do Sabugal, a E. por Espanha, a S. por Idanha-a-Nova e a O. pelo Fundão. O município divide-se em 12 *1 freguesias e é limitado a N. pelo município do Sabugal, a E. por Espanha, a S. por Idanha-a-Nova e a O. pelo Fundão.

Descrição Complementar

Não aplicável

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Não aplicável

Afectação

Não aplicável

Época Construção

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1189 - concessão de foral por D. Sancho I e doação da vila ao Mestre Guladim Paes da Ordem dos Templários a quem mandou construir uma praça de armas, muralhas e castelo; 1217 - confirmação do foral por D. Afonso II; séc. 15 - D. Afonso V faz de Penamacor cabeça de condado doa a D. Lopo de Albuquerque e seu alcaide-mor é Luís de Vasconcellos e Sousa, 3º Conde de Castelo Melhor; 1510, 1 Junho - concessão de novo foral por D. Manuel I

Dados Técnicos

Não aplicável

Materiais

Não aplicável

Bibliografia

COSTA, Carvalho da, Corografia Portuguesa, Tomo II, p. 403, Lisboa, 1706; LEAL, Augusto Pinho, Portugal Antigo e Moderno, Livraria Editora de Tavares Cardoso e Irmão, Lisboa, 1886; ARMAS, Duarte de, Livro das Fortalezas,Lisboa, INAPA, 1990; LANDEIRO, José Manuel, o concelho de Penamacor na História, na Tradição e na Lenda, Câmara Municipal de Penamacor, 4ª edição, Municipal de Penamacor, 1995

Documentação Gráfica

DGOTDU: Arquivo Histórico (Plano de Urbanização da Vila de Penamacor, Arq. Jorge Almeida Segurado, 1949)

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

DGARQ/TT: Memórias paroquiais, vol. 28, nº 127, 127a, 127b, p. 907 a 914; DGOTDU: Arquivo Histórico (Plano de Urbanização da Vila de Penamacor, Arq. Jorge Almeida Segurado, 1949)

Intervenção Realizada

Observações

*1 Águas, Aldeia de João Pires, Aldeia do Bispo, Aranhas, Bemposta, Benquerença, Meimão, Meimoa, Pedrógão de São Pedro, Penamacor, Salvador, Vale da Senhora da Póvoa. Penamacor está geminada com Clamart em França.

Autor e Data

Anouk Costa, Cláudia Morgado, Rita Vale 2010

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login