Núcleo urbano da vila de Ponte de Lima / Zona antiga de Ponte de Lima

IPA.00027419
Portugal, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Arca e Ponte de Lima
 
Núcleo urbano sede municipal. Vila situada em margem fluvial. Vila medieval de jurisdição régia com cerca urbana. Ponte de portagem marcando a estruturação do núcleo. Ponte de Lima pertence ao itinerário dos peregrinos para Santiago de Compostela, que partiam do Porto e cruzavam o rio Lima em direcção à Galiza. Este conjunto urbano desenvolveu-se em função da única ponte que atravessava o rio lima, e que permitia percorrer o caminho até Compostela sem o risco de atrasos devido ao mau tempo.
Número IPA Antigo: PT011607350049
 
Registo visualizado 1142 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto urbano  Aglomerado urbano  Vila  Vila medieval  Vila medieval  Régia

Descrição

Acessos

EN203, Via do Foral Velho de D. Teresa, Avenida António Feijó.

Protecção

Inclui Ponte sobre o Lima (v. PT011607350002) / Pelourinho de Ponte de Lima (v. PT011607350004) / Torres de São Paulo e da Cadeia e o pequeno pano da muralha existente entre as duas torres (v. PT011607350007) / Igreja da Misericórdia de Ponte de Lima (v. PT011607350008) / Casa de Nossa Senhora da Aurora (v. PT011607350017) / Casa Torreada dos Barbosas Aranhas (v. PT011607350018).

Enquadramento

Implantado em margem fluvial. Localiza-se Entre Douro e Minho, na sub-região do Minho-Lima e pertence à unidade de paisagem do Vale do Lima. Ponte de Lima é sede de município, subdividido em 39 freguesias, e está delimitado a N. pelo município de Paredes de Coura, a E. por Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a SE. por Vila Verde, a S. por Barcelos, a O. por Viana do Castelo e Caminha e a NO. por Vila Nova de Cerveira.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Não aplicável

Afectação

Não aplicável

Época Construção

Séc. 14 / 15 / 18 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1125 - Fundação da vila (Lugar da Ponte), por carta de foral de D. Teresa; 1217 - confirmação do foral por D. Afonso II aos "povoadores da Ponte"; 1316 - obras de conservação da ponte outorgadas por D. Dinis a um sapateiro local; 1359 - início da construção da cerca muralhada; 1370 - conclusão da cerca, constituída por 9 torres e com 9 portas; 1385 - submissão da vila a D. João I; 1438 - construção dos Paços do Concelho, a Praça da Vila deixa de ser o local de deliberação da câmara; 1446 - provável conclusão da Igreja Matriz; 1464 / 1469 - construção do Paço do Alcaide; 1530 - fundação da Misericórdia de Ponte de Lima, por alvará de D. Manuel, e localização de um dos seus hospitais na Praça da Vila; 1603 - conclusão do Chafariz Nobre, alterando o abastecimento de água, unicamente existente na Fonte da Vila situada no Largo da Regeneração (actual Largo Dr. António Magalhães); 1787 - demolição das Torres da Esgrimas e das Pereiras; 1803 - acordão da Câmara Municipal para demolição de todos os muros da vila; 1807 / 1857 - demolição da maioria das 7 torres ainda existentes da muralha (Torres e Portas do Castelo e da Vila, Torres da Porta de Braga e Torre da Ponte); 1865 - inauguração da iluminação pública; abertura da vila para o rio, implicando aterros junto ao Largo de Camões e soterramento de alguns arcos da Ponte; 1901 - inauguração da Avenida dos Plátanos; 1931 - inauguração do Mercado Municipal; 1982, 29 Janeiro - Despacho de abertura do procedimento de classificação pelo IPPC; 2012, 8 junho - despacho de arquivamento, sem protecção legal, do diretor-geral da DGPC; 2013, 28 janeiro - criação da União das Freguesias de Arca e Ponte de Lima, por agregação das mesmas, pela Lei n.º 11-A/2013, DR, 1.ª série, n.º 19, cuja sede de freguesia ficou em Ponte de Lima.

Dados Técnicos

Não aplicável

Materiais

Não aplicável

Bibliografia

ANDRADE, Amélia Aguiar, Um espaço urbano medieval: Ponte de Lima, Livros Horizonte, Lisboa, 1990; AZEVEDO, Carlos Moreira, JORGE, Ana Maria, RODRIGUES, Ana Maria, História Religiosa de Portugal, Rio de Mouro, Círculo de Leitores, SA, 2000; CAPELA, José Viriato, coor., As freguesias do distrito de Viana do Castelo nas Memórias Paroquiais de 1758, Braga, Casa Museu de Monção / Universidade do Minho, 2005; COSTA, Carvalho da, Corografia Portuguesa, Tomo I, p.196, Lisboa, 1706; DGPU, Ponte do Lima, Estudo de preservação e renovação urbana, Lisboa, 1984; ANDRADE, Amélia Aguiar, Um espaço urbano medieval: Ponte de Lima, Livros Horizonte, Lisboa, 1990.

Documentação Gráfica

Planta in MARQUES, A. H. de Oliveira, GONÇALVES, Iria, ANDRADE, Amélia Aguiar, Atlas das Cidades Medievais Portuguesas (Séculos XII-XV), Lisboa, Centros de Estudos Históricos da Universidade Nova de Lisboa, 1990, vol. I, p. 22

Documentação Fotográfica

IHRU: SIPA

Documentação Administrativa

IHRU: SIPA

Intervenção Realizada

1920, cerca - definição da Av. Manuel de Oliveira (actual Av. António Feijó) e da Rua Conde da Barca no lugar Além da Ponte; CMPL: 1929 - deslocação do Chafariz Nobre do Largo Dr. António de Magalhães para o Largo Luís de Camões

Observações

Autor e Data

Anouk Costa / Cláudia Morgado / Rita Vale 2009

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login