Núcleo urbano da vila de Ponte de Lima / Zona antiga de Ponte de Lima

IPA.00027419
Portugal, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Arca e Ponte de Lima
 
Núcleo urbano sede municipal. Vila situada em margem fluvial. Vila medieval de jurisdição régia com cerca urbana. Ponte de portagem marcando a estruturação do núcleo. Ponte de Lima pertence ao itinerário dos peregrinos para Santiago de Compostela, que partiam do Porto e cruzavam o Rio Lima em direcção à Galiza. Este conjunto urbano desenvolveu-se em função da única ponte que atravessava o Rio Lima, e que permitia percorrer o caminho até Compostela sem o risco de atrasos devido ao mau tempo.
Número IPA Antigo: PT011607350049
 
Registo visualizado 1771 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto urbano  Aglomerado urbano  Vila  Vila medieval  Vila medieval  Régia

Descrição

Acessos

Ponte de Lima, EN 203; Via do Foral Velho de D. Teresa; Avenida António Feijó

Protecção

Inclui Ponte sobre o Lima (v. IPA.00000424) / Pelourinho de Ponte de Lima (v. IPA.00002229) / Torres de São Paulo e da Cadeia e o pequeno pano da muralha existente entre as duas torres (v. IPA.00003566) / Igreja da Misericórdia de Ponte de Lima (v. IPA.00003496) / Casa de Nossa Senhora da Aurora (v. IPA.00004097) / Casa Torreada dos Barbosas Aranhas (v. IPA.00003477)

Enquadramento

Implantado em margem fluvial. Localiza-se Entre Douro e Minho, na sub-região do Minho-Lima e pertence à unidade de paisagem do Vale do Lima. Ponte de Lima é sede de município, subdividido em 39 freguesias, e está delimitado a N. pelo município de Paredes de Coura, a E. por Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, a SE. por Vila Verde, a S. por Barcelos, a O. por Viana do Castelo e Caminha e a NO. por Vila Nova de Cerveira.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Não aplicável

Afectação

Não aplicável

Época Construção

Séc. 14 / 15 / 18 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1125 - Fundação da vila (Lugar da Ponte), por carta de foral de D. Teresa; 1217 - confirmação do foral por D. Afonso II aos "povoadores da Ponte"; 1316 - obras de conservação da ponte outorgadas por D. Dinis a um sapateiro local; 1359 - início da construção da cerca muralhada; 1370 - conclusão da cerca, constituída por 9 torres e com 9 portas; 1385 - submissão da vila a D. João I; 1438 - construção dos Paços do Concelho, a Praça da Vila deixa de ser o local de deliberação da câmara; 1446 - provável conclusão da Igreja Matriz; 1464 / 1469 - construção do Paço do Alcaide; 1530 - fundação da Misericórdia de Ponte de Lima, por alvará de D. Manuel, e localização de um dos seus hospitais na Praça da Vila; 1603 - conclusão do Chafariz Nobre, alterando o abastecimento de água, unicamente existente na Fonte da Vila situada no Largo da Regeneração (actual Largo Dr. António Magalhães); 1787 - demolição das Torres da Esgrimas e das Pereiras; 1803 - acordão da Câmara Municipal para demolição de todos os muros da vila; 1807 / 1857 - demolição da maioria das 7 torres ainda existentes da muralha (Torres e Portas do Castelo e da Vila, Torres da Porta de Braga e Torre da Ponte); 1865 - inauguração da iluminação pública; abertura da vila para o rio, implicando aterros junto ao Largo de Camões e soterramento de alguns arcos da Ponte; 1901 - inauguração da Avenida dos Plátanos; 1931 - inauguração do Mercado Municipal; 1982, 29 Janeiro - Despacho de abertura do procedimento de classificação pelo IPPC; 2012, 8 junho - despacho de arquivamento, sem protecção legal, do diretor-geral da DGPC; 2013, 28 janeiro - criação da União das Freguesias de Arca e Ponte de Lima, por agregação das mesmas, pela Lei n.º 11-A/2013, DR, 1.ª série, n.º 19, cuja sede de freguesia ficou em Ponte de Lima.

Dados Técnicos

Não aplicável

Materiais

Não aplicável

Bibliografia

ANDRADE, Amélia Aguiar, Um espaço urbano medieval: Ponte de Lima, Livros Horizonte, Lisboa, 1990; AZEVEDO, Carlos Moreira, JORGE, Ana Maria, RODRIGUES, Ana Maria, História Religiosa de Portugal, Rio de Mouro, Círculo de Leitores, SA, 2000; CAPELA, José Viriato, coor., As freguesias do distrito de Viana do Castelo nas Memórias Paroquiais de 1758, Braga, Casa Museu de Monção / Universidade do Minho, 2005; COSTA, Carvalho da, Corografia Portuguesa, Tomo I, p.196, Lisboa, 1706; DGPU, Ponte do Lima, Estudo de preservação e renovação urbana, Lisboa, 1984; ANDRADE, Amélia Aguiar, Um espaço urbano medieval: Ponte de Lima, Livros Horizonte, Lisboa, 1990.

Documentação Gráfica

Planta in MARQUES, A. H. de Oliveira, GONÇALVES, Iria, ANDRADE, Amélia Aguiar, Atlas das Cidades Medievais Portuguesas (Séculos XII-XV), Lisboa, Centros de Estudos Históricos da Universidade Nova de Lisboa, 1990, vol. I, p. 22

Documentação Fotográfica

DGPC: SIPA

Documentação Administrativa

DGPC: SIPA

Intervenção Realizada

1920, cerca - definição da Av. Manuel de Oliveira (actual Av. António Feijó) e da Rua Conde da Barca no lugar Além da Ponte; CMPL: 1929 - deslocação do Chafariz Nobre do Largo Dr. António de Magalhães para o Largo Luís de Camões

Observações

Autor e Data

Anouk Costa e Cláudia Morgado e Rita Vale 2009

Actualização

João Almeida (Contribuinte externo) 2019
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login