Casa do Pintor Ventura Porfírio

IPA.00025951
Portugal, Portalegre, Castelo de Vide, Santa Maria da Devesa
 
Casa de habitação edificada na década de 30 do Séc. 20, cujos jardins, fortemente influenciados pela experiência adquirida em Queluz do seu proprietário, apresentam uma grande diversidade de espécies vegetais (da região e exóticas), que se desenvolvem numa sucessão de socalcos de pequena dimensão.Espaço rural no interior da malha urbana permitindo uma visão privilegiada da encosta que desce do Castelo (v. IPA.00004572) até à Fonte da Vila (v. IPA.00003207), onde se localiza a Judiaria (v. IPA.00007361).
Número IPA Antigo: PT041205020065
 
Registo visualizado 235 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa    

Descrição

Acessos

Rua do Outeirinho, nº 24

Protecção

Categoria: IM - Interesse Municipal, Deliberação da Assembleia Municipal de Castelo de Vide de 26 fevereiro 2003, Edital da Câmara Municipal de Castelo de Vide de 27 fevereiro 2003 *1

Enquadramento

Urbano, intramuros, em encosta.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITECTOS: António Ventura Porfírio (1936-1937); António Pereira (1936-1937).

Cronologia

1908, 26 Agosto - nasce em Castelo de Vide o pintor António Ventura Porfírio; 1920, década de - Ventura Porfírio frequenta a Escola de Belas Artes de Lisboa; 1922 - realiza estágio no atelier do arquitecto Ernesto Korrodi em Leiria, tendo terminando o curso de Belas Artes no Porto; 1930, década de - participa no grupo "Mais Além"; nesta época desenvolve uma pintura original, muito marcada por Vasquez Dias, pela estadia em Madrid, e ainda pelo contacto com o expressionismo Belga, em Bruxelas; 1936 - 1937 - o pintor inicia a construção da casa e jardins, edificados de raiz em terrenos contíguos aos do seu avô, sob esboço do artista e com projecto final do gabinete de arquitectura de António Pereira; 1938 - nomeadado conservador do Palácio Nacional de Queluz (v. IPA.00006108) do qual foi o primeiro no cargo que manteve até 1971; 1958 - 1968 - retoma a carreira de pintor dedicando-se às Experiências Abstractas e realizando o célebre retrato de José Régio Poeta de Deus e do Diabo (em 1958); 1990 - termina as pinturas murais do Salão Nobre da Câmara Municipal de Castelo de Vide (v. IPA.00007362), obra que o ocupou durante mais de dez anos; 1993, 10 novembro - proposta de classificação do edifício pela CMCastelo de Vide; 1996, 03 dezembro - Despacho de abertura do processo de classificação pelo vice-presidente do IMPPAR; 1997, 17 março - Despacho de homologação da classificação como Valor Concelhio pelo Ministro da Cultura; 2016, 03 novembro - publicado no DR, 2.ª série, n.º 211 o Aviso n.º 13602/2016 relativo à aprovação municipal do Projeto de Regulamento Funcionamento da Casa Ventura Porfírio.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO. *1 - DOF...Casa e jardim do Pintor Ventura Porfírio; *2 - o Pintor António Ventura Porfírio desempenhou um papel significativo no contexto cultural da vila, tendo colaborado activamente na vida intelectual, estimulando os jovens artistas e integrado executivos camarários; o contacto com Alberto Serpa, José Régio, Adolfo Casais Monteiro, Augusto Gomes, Abel de Moura, ou Basto Fabião, figuras marcantes na vida intelectual do Porto, foram decisivos na sua formação.

Autor e Data

Rosário Gordalina 2007

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login