Casa da Quinta do Engenho Novo / Parque Municipal / Museu do Papel de Terras de Santa Maria

IPA.00000255
Portugal, Aveiro, Santa Maria da Feira, Paços de Brandão
 
Arquitectura residencial, oitocentista. Construção de raíz popular, não denotando nenhuma particularidade erudita sob o ponto de vista do desenho arquitectónico. Incluía, no entanto, um pequeno jardim, ao gosto romântico oitocentista.
Número IPA Antigo: PT010109190003
 
Registo visualizado 479 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial senhorial  Casa nobre  Casa nobre  Tipo planta retangular

Descrição

Planta rectangular, de que resta a estrutura das paredes, sem cobertura nem interiores. Fachada principal de três pisos onde se rasgam vãos rectangulares de verga recta, excepto no piso térreo onde ladeiam o portal com emblema heráldico, dois óculos gradeados e duas frestas rectangulares, igualmente gradeadas. O primeiro e segundo andar têm correspondência com o alçado anterior, ritmado por cinco vãos em cada piso sendo que, no último, os do meio se juntam formando sacada, assente em seis mísulas, com triplo acesso. Vãos, cunhais e rodapés tratados em trabalho de cantaria. Nos alçados laterais, vãos triplos de estrutura e implantação idêntica: três pisos correspondem a dois, com acesso por escadaria simples, ao lado direito, onde se inscreve jardim com fontanário central, do qual resta apenas uma das bacias, lavrada, e uma fonte cravada na parede, com base em forma de concha e corredores de água laterais. Num eixo diagonal ao edifício, construção sem cobertura, com entradas arquivoltadas e estrutura rectangular no interior. O bosquedo, botanicamente rico, é organizado por acessos empedrados.

Acessos

Lugar do Engenho Novo, n.º 820

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto 516/71, DG , 1ª Série, nº 274, de 22 novembro 1971

Enquadramento

Rural, isolado por superfície murada, em meia encosta, numa das periferias da zona verde.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa nobre

Utilização Actual

Cultural e recreativa: museu

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 19 - Construção da habitação; 2001, 26 outubro - após processo de recuperação, o museu é inaugurado; 2002, 18 maio - integra a Rede Portuguesa de Museus.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Estrutura em alvenaria e molduras de cantaria

Bibliografia

Roteiro das fábricas de papel no concelho de Santa Maria da Feira; GONÇALVES, Nogueira, Inventário Artístico de Portugal. Distrito de Aveiro, Lisboa, 1981, p. 98.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

A Câmara Municipal tem em estudo um projecto para a instalação de um Eco-Museu do papel. Entretanto, a área serve a função de parque municipal.

Autor e Data

Carlos Ruão 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login