Edifício Senhorial da Família Fabião / Casa Grande

IPA.00002515
Portugal, Castelo Branco, Fundão, Barroca
 
Casa abastada setecentista, de planta rectangular, com dois pisos, composta por zona residencial e capela. Fachadas limitadas por cunhais apilastrados e rasgadas por vãos rectilíneos, no superior em sacada, com molduras de cantaria. Capela com coro-alto e cobertura em falsa abóbada de madeira. Singularidade do edifício, destacando-se no aglomerado, apesar de muito arruinado. A capela possui um portal com moldura recortada e intensamente decorado.
Número IPA Antigo: PT020504080018
 
Registo visualizado 332 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa  Casa abastada  

Descrição

Planta rectangular, simples, regular, existindo coincidência entre o interior e o exterior. Volume simples de disposição na horizontal, cobertura diferenciada em telhados de quatro águas. Fachada principal orientada, de dois pisos rebocada e pintada a branco, limitada por pilastras em granito coroados por fogaréus. No andar inferior, uma porta de duas folhas almofadadas e seis janelas de duas folhas. No intermédio, sete janelas de sacada de duas folhas com bandeira, lintéis em arco abatido com pedra de fecho saliente e ombreiras em granito formando moldura, sacadas em granito sendo as dos topos e a central curva com mísula. Janela central coroada por cornija simples e elemento decorativo concheado. Remate em cornija de granito formando frontão com uma pedra em granito onde se encontra esculpida a data de 1783. Fachada S. de dois pisos, sem elementos definidores, com dois panos rebocados e pintados de branco contínuos, sendo um limitado por pilastras em granito e cunhal. No inferior, uma porta de duas folhas almofadadas com acesso a uma capela privada, lintel em arco abatido coroado por frontão interrompido por concha, e uma janela com lintel recto. No segundo piso, um óculo gradeado com lintel, ombreiras e soleira em arcos perfeitos, uma janela e uma porta. Comum aos vãos os lintéis e ombreiras em granito formando moldura. Remate em cornija de granito e empena angular encimada por cruz latina no pano correspondente à capela e beiral no outro. Fachada N. tem três pisos rebocados e pintado a branco limitado por pilastras em granito. No andar inferior, uma porta com lintel recto trabalhado e duas e três janelas de guilhotina com lintéis rectos no primeiro e segundo andares, respectivamente, ambos com lintel e ombreiras em granito formando moldura. Remate em cornija de granito. Fachada O. de três pisos rebocados e pintados a branco, com duas portas e uma janela no rés-do-chão, e quatro janelas, duas gradeadas no primeiro andar, e cinco no segundo. Comum aos vãos os lintéis rectos e ombreiras em granito, formando moldura. Remate em beiral. Articulação interior / exterior de nível em todas as fachadas. INTERIOR com espaços diferenciados. Capela privada com coro-alto em madeira, altar-mor com estrutura de madeira e cobertura em falsa abóbada de madeira *1.

Acessos

Largo da Igreja. WGS84 (graus decimais) lat.: 40,109105, long.: -7,717422

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, isolado a meia encosta. Próximo localiza-se a Igreja Paroquial.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Devoluto

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1783 - data da sua edificação por iniciativa do Cónego Dr. Francisco Gonçalves *2, sendo mestre de obras o bisavô dos actuais proprietários; 1998 - proprietários eram Dr. Luis Fabião, Dra. Maria da Luz Fabião, Dr. João António Soares e Dra. Adelaide Sofia; 2002 - compra do imóvel pela Câmara Municipal do Fundão para aí instalar a Casa da Cultura, por 109 mil euros.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes.

Materiais

Pedra granítica, xisto, argamassa, reboco, madeira, telha lusa.

Bibliografia

Fundão - Casa Grande da Barroca vai ser finalmente salva, in Jornal do Fundão, 10/08/2001; Barroca - Casa Grande poderá acolher sede das Aldeias do Xisto, in Jornal do Fundão, 01/11/2002; ROSA, João Gil, Barroca - População aplaudiu aquisição da «Casa Grande», in Jornal do Fundão, 22 Novembro 2002.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - não foi possível visitar o interior devido ao estado de degradação dos pisos. *2 - informação fornecida por Historiadora local.

Autor e Data

Luís Castro 1998

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login