Pelourinho de São Lourenço do Bairro

IPA.00002386
Portugal, Aveiro, Anadia, São Lourenço do Bairro
 
Memória de pelourinho construído no séc. 20, de pinha cónica, com soco quadrangular de quatro degraus e colunas de fuste cilíndrico com elemento heráldico. Remate troncopiramidal e pequena pinha. O escudo nacional encontra-se no fuste e não no remate, surgindo o remate ornado por elementos fitomórficos.
Número IPA Antigo: PT020103100001
 
Registo visualizado 103 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Comemorativo  Memória de pelourinho    

Descrição

Estrutura em cantaria de calcário, com soco quadrangular de quatro degraus, onde assenta a base da coluna, cílindrica e dupla, de fuste liso onde se crava emblema heráldico e remate formado por pseudo-imposta de arestas vivas e pinha estilizada, com decoração inferior de pétalas e superior em botão.

Acessos

Largo do Pelourinho, junto à EN. 334, ao Km 29,15. WGS84 (graus decimais) lat.: 40,437924; long.: -8,497503

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 23 122, DG, 1ª Série, nº 231 de 11 outubro 1933

Enquadramento

Urbano. Frontal aos antigos Paços do Concelho e cadeia, isolado por gradeamento de ferro, envolto por edifícios destoantes.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Comemorativa: memória de pelourinho

Utilização Actual

Comemorativa: memória de pelourinho

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Autarquia local, Artº 3º, Dec. 23 122, 11 Outubro 1933

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1293 - D. Afonso III dá-lhe foral, embora não confirmado; 1514, 5 Abril - outorga do foral, por D. Manuel, que deve coincidir com a cronologia da edificação do pelourinho original; 1708 - a povoação, com 20 vizinhos; tem juiz ordinário e dos órfãos, juiz das sizas, vereadores, almotacés e escrivão da câmara; 1835 - extinção do Concelho; séc. 20, anos 50 - assentava num soco moderno com degraus; 1985 - derrube do fuste e da da pinha do pelourinho por um camião em manobras, colocados os fragmentos novamente no local e ocorrência de novo derrube; 1989 - subsiste ainda a base da coluna e degraus *1; 1990 - edificação da actual réplica baseada no pelourinho primitivo.

Dados Técnicos

Sistema estrutural autónomo.

Materiais

Estrutura em cantaria de calcário (de Ançã).

Bibliografia

COSTA, António Carvalho da (Padre), Corografia Portugueza, vol. II, Lisboa, Valentim da Costa Deslandes, 1708; GONÇALVES, A. Nogueira, Inventário Artístico de Portugal. Distrito de Aveiro, VI, Lisboa, 1959, p. 89; MALAFAIA, E.B. de Ataíde, Pelourinhos Portugueses - tentâmen de inventário geral, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, Lisboa, 1998, p. 352; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/74895 [consultado em 14 outubro 2016].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DREMC, DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DREMC

Intervenção Realizada

JFS. LOURENÇO BAIRRO: 1993 - restauro integral.

Observações

*1 - os fragmentos existentes, recolhidos pelo Junta de Freguesia de São Lourenço do Bairro encontram-se em mau estado de conservação.

Autor e Data

Margarida Alçada 1983 / Carlos Ruão 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login