Jazigo do Visconde de Sistelo

IPA.00022456
Portugal, Viana do Castelo, Arcos de Valdevez, Sistelo
 
Arquitectura funerária, revivalista. Jazigo de planta longitudinal e cobertura pétrea de duas águas. Fachada principal enquadrada por pilares octogonais rematados em agulha, e terminada em empena muito aguda, moldurada e decorada com motivos geométricos, com portal de arco quebrado assente em pilastras octogonais, encimado por cartela inscrita e pedra de armas. Interior compartimentado por 16 espaços sepulcrais.
Número IPA Antigo: PT011601450255
 
Registo visualizado 51 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Funerário  Jazigo    

Descrição

Planta longitudinal, de corpo único rectangular. Massa simples com cobertura em telhado pétreo de duas águas. Fachadas em cantaria, percorridas por embasamento avançado, terminadas em cornija saliente e com cunhais sobrepujados por pináculos piramidais. Fachada principal virada a SO., enquadrada por pilares octogonais seccionados em dois, a zona inferior com volutas estilizadas e pequenas lágrimas, e a superior de fuste canelado, com capitel de anel e denticulado, terminado em agulha piramidal; termina em empena muito aguda, com cornija interiormente decorada com motivos geométricos (quadrados e círculos) alternados, coroada por cruz latina, com decoração em espinha de peixe, sobre acrotério prismático. É rasgada por portal de arco quebrado, moldurado e chanfrado, assente em pilastras octogonais com decoração igual à dos pilares dos cunhais, sendo cerrado por portão de ferro forjado, ornado com enrolados; encima-o cartela relevada, com a inscrição "JAZIGO DA / FAMILIA DO VISCONDE DE / SISTELLO E DA DO RIO VES / 1885" e pedra de armas do Visconde de Sistelo. Fachadas laterais, iguais, e fachada posterior cegas, tendo esta, no remate da empena, cruz latina, de secção quadrangular, com chanfro, e remate das hastes em roseta, sobre acrotério prismático. INTERIOR em cantaria, com pavimento lajeado e tendo tecto de perfil recto, em pedra. Lateralmente surgem 16 compartimentos sepulcrais, confrontantes, e na parede testeira mesa de altar, pétrea, sobreposta por cruz latina, alta, em pedra, relevada.

Acessos

Sistelo, Lugar da Igreja

Protecção

Incluído na Paisagem Cultural de Sistelo (v. IPA.00035666)

Enquadramento

Urbano, isolado, integração harmónica em remate de esporão destacado e de vertentes declivosas sobre o Rio Vez, na extremidade N. do aglomerado. Implanta-se no interior do adro da Igreja Paroquial, murado e pavimentado com cubo granítico, junto à cabeceira da igreja, em posição sobranceira à plataforma onde se implanta o cemitério.

Descrição Complementar

Heráldica: escudo partido em pala, surgindo na 1ª as armas dos Gonçalves, e na 2ª em campo vermelho, uma figura de mulher, de ouro, assente sobre nuvens de prata, representando a Beneficiência, no chefe, sol de ouro. Coroa de Visconde. Timbre: o leão das armas dos Gonçalves. Tenentes: à direita, uma figura de mulher, representando as Artes, e à esquerda uma figura de Mercúrio, representando o Comércio. Diferença: uma brica de azul carregao com uma estrela de ouro de cinco pontas.

Utilização Inicial

Funerária: jazigo

Utilização Actual

Devoluto

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1880, 3 Novembro - Criação do título de Visconde de Sistelo a favor de Manuel A. Gonçalves Roque, natural da freguesia, Comendador da Ordem de Cristo, Comendador da Ordem da Rosa, do Brasil e da de São Silvestre, da Santa Sé, 1º Visconde de Sistelo; 1883, 7 Fevereiro - alvará concedendo as armas ao 1º Visconde; pouco tempo depois o visconde requereu uma alteração nas armas substituindo os tenentes por dois leões de ouro, armados de vermelho; 1884, 4 Fevereiro - despacho concedendo o pedido de alteração das armas; 30 Março - carta com novas armas para o Visconde de Sistelo; 1885 - construção do jazigo da família do Visconde de Sistelo por Manuel A. Gonçalves Roque, após o seu regresso do Brasil; 1941, 17 Julho - renovação do título de Visconde de Sistelo no segundo por autorização da Comissão de verificação e registo da mercê; 2015, 10 dezembro - publicação da abertura de procedimento de classificação da Paisagem Cultural de Sistelo, em Anúncio n.º 275/2015, DR, 2.ª série, n.º 241.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante.

Materiais

Estrutura em cantaria de granito; mesa de altar em granito; porta de ferro forjado.

Bibliografia

Sistelo (Viscondes de) in Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, vol. 29, Lisboa, 1945, p. 267 - 268.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGEMN: DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Paulo Dordio 1996 / Paulo Amaral 2003

Actualização

Paula Noé 2004
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login