Monumento megalítico da Roça do Casal do Meio / Menir do Vale da Palha

IPA.00002109
Portugal, Setúbal, Sesimbra, Sesimbra (Castelo)
 
Menir do Bronze final (1ª metade do 1º milénio), de três cavidades circulares, tendo sido, provavelmente, objecto de práticas litolátricas. Monumento único na Península Ibérica, equiparado a alguns "nuraghes" da Sardenha. A pedra terá sido "cristianizada" com uma cruz insculpida e colocada no cemitério para marcar a existência de um campo de mortos (SERRÃO, 1994).
Número IPA Antigo: PT031511010008
 
Registo visualizado 471 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Funerário  Anta    

Descrição

Bloco de grés com cimento calcário, medindo 1,20 m de altura (desde o nível do solo) e 0,54 m de largura. Na parte superior, na face virada a poente, mostra uma cruz marcada por dois sulcos rectos que se cortam perpendicularmente. Por baixo, e na mesma face, vêem-se três cavidades muito regulares e em forma de "fossettes", a maior com 15 cm de diâmetro.

Acessos

Roça do Casal do Meio. Qtª. do Calhariz, a c. 1 km. a O. da Est. de Azeitão para o Portinho da Arrábida

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 29/84, DR, 1.ª série, n.º 145 de 25 junho 1984

Enquadramento

Rural. Encosta coberta de mato. Integrado na Quinta do Calhariz, próximo do cemitério da Vale da Palha, onde apareceram quatro sepulcros rectangulares formados por lages irregulares de calcário *2 (SERRÃO, 1994).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Funerária: anta

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Megalítico

Arquitecto / Construtor / Autor

Não aplicável.

Cronologia

Idade do Bronze, final - provável erecção do menir; séc. 03 - provável utilização da pedra como demarcação do cemitério lusitano-romano do Vale da Palha; 1962 - estudado por Eduardo da Cunha Serrão.

Dados Técnicos

Estrutura monolítica

Materiais

Grés

Bibliografia

SPINDLER, K, CASTELO BRANCO, A. de, FERREIRA, O. da Veiga, Le monument à coupole de l'âge du bronze final de la Roça do Casal do Meio (Calhariz) in Comunicação dos Serviços Geológicos de Portugal, LVII, Lisboa, 1973 / 1974; SERRÃO, Eduardo da cunha e SERRÃO, Vítor, Sesimbra Monumental e Artística, Sesimbra, 1986; SERRÃO, Eduardo da Cunha, Carta Arqueológica do Concelho de Sesimbra: Desde o Vilafranquiano Médio até 1200 d. C., CMS, Sesimbra, 1994.

Documentação Gráfica

CMS

Documentação Fotográfica

DGEMN: DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1962 - estudo arqueológico.

Observações

*1 DOF: ... pertencente à Quinta do Calhariz, situado a cerca de 1 km a O. da estrada de Azeitão para o Portinho da Arrábida e relativamente a 400 m a O. / Noroeste do Casal do Meio, na freguesia do Castelo em Sesimbra. *2: Foram detectadas 4 tumulações; entre o espólio escavado contam-se peças de bronze (fivela de cinturão, fíbula, anel e pinças), de marfim (pente), recipientes cerâmicos estando presente o estilo decorativo de "ornatos brunidos".

Autor e Data

Isabel Mendonça 1992

Actualização

Cecília Matias 2002
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login