Cruzeiro do Campo das Hortas

IPA.00020693
Portugal, Braga, Braga, União das freguesias de Braga (Maximinos, Sé e Cividade)
 
Arquitectura religiosa, maneirista. Cruzeiro de encruzilhada, com soco quadrangular, pedestal prismático, coluna de demarcada no terço inferior por elementos quadrilóbulos, e superiormente estriada, capitel coríntio e cruz arquiepiscopal com remates em ponta de diamante. O cruzeiro é praticamente igual ao Cruzeiro de Santa Ana, diferindo apenas na decoração das almofadas do pedestal e do terço inferior da coluna. Apresenta igualmente semelhanças com o Cruzeiro de Tibães (v. PT010303250008). O cruzeiro apresenta um excelente trabalho de cantaria lavrada, seguindo as proporções Serlianas para as colunas coríntias e a decoração de De Vries.
Número IPA Antigo: PT010303520227
 
Registo visualizado 468 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Religioso  Cruzeiro  Cruzeiro de caminho  Tipo coluna e cruz

Descrição

Soco quadrangular, constituído por sete degraus, em cujo centro se eleva base monolítica, prismática, com quatro almofadas molduradas, decoradas com motivos vitomórficos, suportando grande coluna monolítica de secção circular com base de duplo toro, fuste com o terço inferior decorado com elementos quadrilóbulos, sendo a parte restante estriada e o capitel coríntio. Encima-o esfera esquartejada sobre acrotério, sobrepujada por cruz arquiepiscopal, de secção quadrangular, moldurada e com as hastes rematadas por pontas de diamante.

Acessos

Largo das Carvalheiras ou Campo das Carvalheiras

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto 16-06-1910, DG, nº 136 de 23 Junho 1910 *1

Enquadramento

Urbano, isolado, em terreno ligeiramente inclinado, no centro de um amplo largo arborizado, com frondosas tílias, próximo de fontanário de ferro, rodeado por habitações, nomeadamente uma casa setecentista (v. PT010303520200) e a Casa Pimentel (v. PT010303520022). Na proximidade as Ruínas Romanas das Carvalheiras (v. PT010303520043).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: cruzeiro

Utilização Actual

Religiosa: cruzeiro

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 17, 1ª metade - edificação do cruzeiro; 1750 - o Cruzeiro do Campo das Hortas aparece representado junto à Porta Nova da cidade; 1914 - é transferido para o Campo das Carvalheiras.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante.

Materiais

Granito

Bibliografia

FREITAS, Senna de, Memórias de Braga, vol. I, pp. 24 - 28, 113; ROCHA, Pe. Ricardo, Mapa das Ruas de Braga, Braga, 1989, fl. 25; Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado. Distrito de Braga, Lisboa, 1993, p. 26; OLIVEIRA, Eduardo Pires, Um novo mapa de Braga de finais do século XVII, in Forum 15 / 16, Braga, 1994, pp.44 - 45; PASSOS, José Manuel da Silva, O Bilhete Postal Ilustrado e a História Urbana de Braga, Braga, 1996, pp. 34, 37, 41, 112, 132 - 133; OLIVEIRA, Eduardo Pires, A Paróquia de São José de São Lázaro (1747 - 1997), Braga, 1997, pp. 218 - 219; COSTA, Luis, Braga Roteiro Histórico e Monumental Extra-Muros, Braga, 1998, pp. 16 - 17, 62 - 63.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DREMN: DGEMN, DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - DOF: "Cruzeiro do Campo das Hortas e Cruzeiro de Sant'Ana"; ambos os cruzeiros foram classificados em conjunto, sendo que o Cruzeiro de Santa Ana (v. PT010303420007), localiza-se no Largo da Senhora a Branca, na freguesia de São José de São Lázaro.

Autor e Data

Margarida Alçada 1983 / António Dinis 1999

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login