Igreja Paroquial do Beco / Igreja de Santo Aleixo

IPA.00002055
Portugal, Santarém, Ferreira do Zêzere, Beco
 
Igreja paroquial maneirista, cuja planimetria evidencia ainda uma tipologia que se insere na arquitectura gótica, todavia o tipo de suportes utilizado bem como a organização dos volumes é já renascentista. Próximos do maneirismo o rasgamento e molduração de pórtico e janelas e a cobertura em caixotões da capela-mor. Talha e azulejo barrocos.
Número IPA Antigo: PT031411030007
 
Registo visualizado 287 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta longitudinal de 3 naves de 5 tramos cada, torre sineira adossada à empena norte da fachada principal e a E. os corpos da capela-mor e sacristia. Cobertura diferenciada em telhados de 1 água nas naves laterais, ligeiramente mais baixa que a nave central que apresenta telhado de duas águas e torre sineira em pirâmide. Fachada principal orientada, em empena triângular de pano único delimitado por cunhais, rasgado por portal de verga recta a cujo entablamento se subrepõe grande janela rectangular; adossada ao lado esquerdo torre sineira de 2 registos, o 1º vazado de três frestas quadrangulares sobrepostas e o 2º de 4 janelões sineiros em arco de volta perfeita, um em cada face da torre. Fachada lateral direita rasgada por duas janelas rectangulares ladeando pequena porta. INTERIOR de 3 naves com 5 tramos cada, com arcos de volta perfeita apoiados em colunas toscanas, capela-mor e coro alto. Tecto de madeira de um plano nas naves laterais e de 3 na nave central; capela-mor com retábulo em talha dourada e cobertura em abóbada de berço com caixotões ornamentados, paredes cobertas por azulejos figurando cenas do antigo testamento. Arco triunfal de volta perfeita, ladeado por 2 altares. Capela baptismal com pia em taça, lavrada em estrías oblíquas, assente sobre pilar oitavado sem pé ou anel. Sacristia com arcaz e um frontal de altar brocado.

Acessos

EM. 520 - 1

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 32 973, DG, 1.ª série, n.º 175 de 18 agosto 1943

Enquadramento

Urbano. Isolada por adro murado, em posição altimétrica relativamente à via pública, ao qual se acede por escadaria de um lance, uma ou outra construção e um coreto nas imediações.

Descrição Complementar

Pia baptismal em taça sob pilar do Séc. 16 e púlpito de cálice balaústres. Baixo relevo em madeira com cenas do calvário, do Séc. 16, no coro. Várias imagens de pedra quinhentistas e lajes sepulcrais do Séc. 16 /17.

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Época Construção

Séc. 16

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

Séc. 16 - fundação; Séc. 17 / 18 - obras de transformação; séc. 18, 1ª metade - retábulo em talha da capela-mor; 2ª metade - azulejo da capela-mor; 1940, 26 setembro - publicação de Decreto nº 30 762, no DG, 1.ª série, n.º 225, determinando a classificação do edifício como Imóvel de Interesse Público; 01 novembro - publicação do Decreto nº 30 838, DG, 1.ª série, n.º 254, suspendendo o decreto n.º 30 762, de 26 de setembro do mesmo ano, relativamente à classificação de imóveis de propriedade particular.

Dados Técnicos

Estrutura auto-portante

Materiais

Reboco de cal, cantaria, telha portuguesa,vigamento de betão armado, pranchas pré esforçadas, laje de cantaria e tijoleira, azulejo e talha.

Bibliografia

BARBOSA, Inácio de Vilhena, As Cidades e as Villas da Monarchia Portugueza que tem brasão d'armas, Vol. 1, Lisboa, 1860; BAIÃO, António, A Vila e o Concelho de Ferreira do Zezere, o Archeologo Português, Vol. 18, Janeiro - Dezembro, 1933; CANCIO, Francisco, Ribatejo Histórico e Monumental, 1938; ALMEIDA, José António Ferreira de, Tesouros Artísticos de Portugal, Lisboa, 1980; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73417 [consultado em 21 dezembro 2016].

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID, DGEMN/DRML

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

DGEMN: 1963 / 1968 - coberturas; 1966 / 1968 - Revestimentos interiores e exteriores, demolição e substituição dos pavimentos. 1971 / 1973 - consolidação e restauro do altar da capela-mor incluindo substituição de peças degradadas, pintura e douradura das mesmas; restauro de marcenaria e talha dos caixotões da abóbada da capela-mor; 1974 - instalação eléctrica; Comissão Fabriqueira: 2001 - caiação exterior, limpeza / impermeabilização de caleiras.

Observações

Autor e Data

Rosário Gordalina 1990 / Cecília Matias 2000

Actualização

Ângelo Silveira 2001
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login