Igreja Paroquial de Santa Iria da Ribeira de Santarém / Igreja de Santa Iria

IPA.00002043
Portugal, Santarém, Santarém, União de Freguesias da cidade de Santarém
 
Arquitectura religiosa, gótica, barroca. Da antiga construção resta apenas a abóbada gótica de nervuras de uma capela do lado esquerdo, e a planimetria longitudinal de cunho ainda goticizante. Lavores das pilastras e arco do cruzeiro renascentistas, bem como as altas colunas toscanas. A fachada e os revestimentos internos, os azulejos seiscentistas, datam já do período barroco.
Número IPA Antigo: PT031416190030
 
Registo visualizado 192 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta longitudinal, composta pelo corpo de três naves de cinco tramos cada, transepto inscrito, capela-mor rectangular e torre quadrada adossado ao muro lateral esquerdo, recuada face à fachada. Cobertura do telhado em 2 águas. Fachada principal em empena na qual se abre ao centro o pórtico de verga recta sobreposto de frontão interrompido com um nicho munido de ática e volutas; sobre ele grande janelão quadrangular ladeado por outros dois ligeiramente mais baixos, correspondendo à diferente altura das naves; embebido no ângulo formado pela torre e o muro da igreja, corpo semi-circular rematado por cúpula. INTERIOR: arcos de volta perfeita sobre colunas toscanas, que na zona do falso transepto descarregam em pilastras adossadas a pilares quadrangulares; arco do cruzeiro de volta perfeita munido de entablamento e tendo nas enjuntas 2 medalhões com bustos em alto relevo; coroa o cruzeiro cúpula sobre pendentes com o interior decorado de pinturas de motivos arquitectónicos; capela-mor de abóbada de berço, altar em talha e muros laterais em estuques relevados; naves laterais com diversas capelas e altares (num total de 5) e cobertura de madeira; nave central com cobertura de madeira em abóbada de berço. O interior dos muros é na sua quase totalidade revestido por azulejos.

Acessos

Largo de Santa Iria

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 95/78, DR, 1.ª série, n.º 210 de 12 setembro 1978

Enquadramento

Urbano. Rodeada por casas de habitação, junto ao Hospital de Santa Iria (PT031416190032).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Santarém)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 15 / 17 / 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 12 - fundação da igreja; séc. 14 - é doada por D. Dinis à igreja de Alcáçova; séc. 15 - fundação da capela do lado esquerdo por António Salgado; 1574 - a igreja pertence ao padroado real e à Diocese de Lisboa; 1688 - total reconstrução do templo; 1755, 01 Novembro - a Igreja sofre graves danos com o terramoto, com queda das abóbadas das capelas colaterais do cruzeiro, danos no coro, torre, zimbório e sacristia e fachada principal que foram então reparados *2; 1969 - danos causados pelo sismo.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estruturas em tijolo, embasamentos, cunhais e molduras em cantaria; coberturas em telha; revestimentos de reboco a cal, azulejos, talhas, pinturas; pavimentos de tijoleira, cantaria e madeira

Bibliografia

BARBOSA Inácio de Vilhena, As cidades e as Vilas da Monarquia Portuguesa que têm brasão de armas, vol III, Lisboa, 1860; BRAZ, José Campos, Santarém raízes e memórias - páginas da minha agenda, Santarém, Santa Casa da Misericórdia de Santarém, 2000; CANCIO Francisco, Ribatejo, Histórico e Monumental, 1938; FEIO Areosa, Santarém, Princesa das Nossas Vilas, Santarém, 1929; SEQUEIRA Gustavo de Matos, Inventário Artístico de Portugal, Distrito de Santarém, vol.III, Lisboa, 1949, SERRÃO Joaquim Veríssimo, Santarém, História e Arte, Santarém, 1951; SERRÃO, Joaquim Veríssimo - Livro das Igrejas e Capelas do Padroado dos Reis de Portugal - 1574. Paris: Fundação Calouste Gulbenkian Centro Cultural Português, 1971.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

DGEMN: 1969 - revisão geral das coberturas; consolidação dos muros exteriores com refechamento de pedras de fecho nos arcos; consolidação geral da torre sineira incluindo cintas de betão armado; consolidação paineis de azulejo incluindo levantamento e reassentamento dos mesmos.

Observações

*1 A escultura de Cristo na Cruz, apresenta o braço direito descaído e terá pertencido a um grupo escultórico da Descida da Cruz, posteriormente desmembrado (SERRÃO, 1990); a escultura que se liga à lenda do Cristo de Mont'Iraz, provem da antiga ermida dos Apóstolos, em cujo local, no Séc. 16, foi fundado o Convento de São Bento pela Infanta D. Maria, filha de D. Manuel; após a venda do convento beneditino em 1864, a imagem transitou então para a Igreja de Santa Iria. *2 Desconhece-se a época de fundação sendo tradicionalmente considerada do reinado de D. Afonso Henriques; alguns cronistas remontam-na ao tempo dos godos.

Autor e Data

Rosário Gordalina 1990

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login