Casa da Rua da Reboleira, n.º 59

IPA.00020000
Portugal, Porto, Porto, União das freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória
 
Casa unifamiliar medieval e maneirista, do tipo Casa-torre de provável raiz medieval, com coroamento de ameias, a que se adossa posteriormente estreito corpo. Fachadas em aparelho de granito, na torre à vista e no corpo adossado pintado e num dos extremos, rebocado e pintado com molduras em réguas de madeira. Apresenta frestas com verga cruciforme e vãos moldurados de verga recta, compreendendo janelas de peitoril com caixilhos de guilhotina, algumas encimadas por cornija e janelas de sacada com varandim protegido por guarda de ferro, também encimadas por cornija. No interior, sala de jantar parcialmente abobadada.
Número IPA Antigo: PT011312130262
 
Registo visualizado 1033 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa    

Descrição

Edifício composto por torre de planta rectangular a que se adossa a S., a todo o comprimento da fachada, corpo estreito também de planta rectangular. Volumetria de dominante vertical, com coberturas diferenciadas, em terraço com pavimento em tijoleira, com solário de planta quadrangular, na torre e em telhado de uma água no volume S.. Fachadas em aparelho pseudo-isódomo, à vista nas fachadas N. e E. da torre e pintado de amarelo na fachada S. do corpo adossado, à excepção da metade O. do último piso que é rebocada e pintada de bege e moldurada por réguas de madeira. Torre com fachadas rematadas por platibanda ameada com merlões em pirâmide de quatro faces e corpo adossado com remate em cornija sob beiral. Fachada principal, a N., de três pisos. No primeiro piso, janela de três folhas em madeira, dividida por pinázios em campos rectangulares, ladeada, a O., por duas portas de ombreiras e verga rectas. Segundo piso com quatro janelas de sacada de ombreiras e vergas molduradas em quarto de círculo e encimadas por cornijas. Apresentam varandim com grade em ferro fundido a servir as duas janelas de E. e varandas independentes para as duas janelas de O.. Terceiro andar com duas janelas de peitoril, a do lado E. com molduras em quarto de círculo e encimada por cornija. Na extremidade O., surge gárgula cilíndrica. Fachada E. com janela rectangular rasgada no extremo S. ao nível do pavimento da rua e superiormente no extremo oposto janela de sacada de verga recta com cornija superior, ladeada e encimada por frestas com verga cruciforme. Fachada S. de dois panos, o O. ligeiramente avançado com cinco registos e o oposto de quatro registos. É rasgada por vãos moldurados a granito, compostos por duas portas de verga recta e janelas de peitoril com caixilho de guilhotina, e no pano do extremo O. duas janelas quadradas de iluminação no entre-piso. No INTERIOR apresenta parede resistente a atravessar o edifício no sentido longitudinal e a dividi-lo em duas alas, a E. e a O.. Ambas apresentam ao centro escadaria e a E. elevador, de distribuição para os quatro pisos. No primeiro piso, na ala O., cozinha, instalações sanitárias e lavandaria e na ala E. sala de jantar abobadada, assente em arcos plenos, com pé direito diminuto. No segundo piso, escritório, instalações sanitárias e quarto a O. e sala de estar a E.. No terceiro piso, três quartos e uma sala de estar e no ultimo piso quatro quartos.

Acessos

Rua da Reboleira n.º 59

Protecção

Incluído na Zona Histórica da Cidade do Porto (v. PT011312070086) e no Centro Histórico da Cidade do Porto (v. PT011312140163)

Enquadramento

Urbano, adossado a O. a edifício de quatro pisos, na Ribeira do Porto, implantado em terreno de elevada pendente, fazendo gaveto entre a Rua do Outeirinho, a Rua da Reboleira e a Travessa do Outeirinho. Na proximidade, separada pela Rua do Outeirinho encontra-se a Casa da Rua da Reboleira n.º 55 (v. PT011312130261), a E. a Capela de Nossa Senhora do Ó (v. PT011312130260) e a Casa do Infante (v. PT011312130012) e a N. o Núcleo de São Francisco (v. PT011312130005, PT011312130040 e PT011312130263).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Assistencial: lar

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 14 / 15 (conjectural) / 17 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITECTO: António Moura; MESTRE PEDREIRO: Manuel Mendes (1688).

Cronologia

Séc. 14 / 15 - Data provável da construção da torre *1, tendo sido posteriormente adaptada a habitação; 1688, 15 de Setembro - contrato entre o Mestre Pedreiro Manuel Mendes e Pedro Pedrossem da Silva; séc. 19, meados - a família de Pedrossem deixou de habitar a casa; 1837 - instalação de vários escritórios de Exportadores de Vinho do Porto; 1862 - instalação do Hotel Inglês; 1872 - passou a ser propriedade do negociante Pedro Francisco Cardoso Valente; 1980 - obras de renovação para instalação de um lar e centro de dia para idosos.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura em granito, guarda-corpos em ferro fundido, laje em betão armado, tectos estucados, pavimentos em aglomerado de cortiça, paredes interiores em tijolo rebocado, caixilharia em castanho, tijoleira no terraço, telha cerâmica, vidro.

Bibliografia

Câmara Municipal do Porto, Porto a Património Mundial, Processo de Candidatura da Cidade do Porto à classificação pela UNESCO como Património Cultural da Humanidade - 1993, Porto, 1993.

Documentação Gráfica

Arquivo do ex-CRUARB, actual Gabinete de Projectos da Câmara Municipal do Porto: Lar de Terceira Idade - Obras 1997 (204 e 205)

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Arquivo do ex-CRUARB, actual Gabinete de Projectos da Câmara Municipal do Porto: Lar de Terceira Idade - Obras 1997 (204 e 205).

Intervenção Realizada

CMP: 1980 - Obras de renovação levadas a cabo pelo CRUARB; 1995, Setembro - obras de impermeabilização do terraço executadas pelo CRUARB; 2004 - trabalhos de impermeabilização do terraço e pinturas interiores.

Observações

*1 - A sua proximidade com a muralha fernandina leva a crer tratar-se de uma torre fortificada (CRUARB).

Autor e Data

David Ferreira 2004

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login