Pelourinho de Lanhoso (desaparecido)

IPA.00000194
Portugal, Braga, Póvoa de Lanhoso, Póvoa de Lanhoso (Nossa Senhora do Amparo)
 
Arquitectura político-administrativa. Pelourinho de pinha piramidal, segundo Luís Chaves.
Número IPA Antigo: PT010309190004
 
Registo visualizado 91 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Judicial  Pelourinho  Jurisdição não determinada  Tipo pinha

Descrição

Demolido.

Acessos

Lugar da Igreja

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Judicial: pelourinho

Utilização Actual

Demolido

Propriedade

Afectação

Época Construção

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1292, 25 Setembro - D. Dinis concede foral à vila de Póvoa do Lanhoso; 1514, 4 Janeiro - D. Manuel concede novo foral; séc. 18, início - era donatário da vila, o Conde de Sabugal, meirinho-mor do reino; 1905 - data de uma gravura existente do antigo pelourinho *1; 1910, 23 junho - classificado como Monumento Nacional, através do Decreto 16-06-1910, DG nº 136 de 23 junho 1910; 1934, 8 dezembro - desclassificado pelo Decreto nº 24 758, DG, 1ª Série, nº 288 de 08 dezembro 1934.

Dados Técnicos

Materiais

Granito.

Bibliografia

MALAFAIA, E. B. de Ataíde, Pelourinhos Portugueses, Tentâmen de Inventário Geral, Lisboa, 1997; SOUSA, Júlio Rocha e, Pelourinhos do Distrito de Braga, Viseu, 2000.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - do primitivo pelourinho já nada resta, desconhecendo-se o paradeiro das peças que o constituiam.

Autor e Data

Isabel Sereno / João Santos 1994

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login