Castro de Monte Redondo / Castro Monte Cossourado / Castro de São Mamede

IPA.00001923
Portugal, Braga, Braga, União das freguesias de Guisande e Oliveira (São Pedro)
 
Aglomerado proto-urbano. Povoado proto-histórico com ocupação romana. Povoado fortificado / castro.
Número IPA Antigo: PT010303200001
 
Registo visualizado 546 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto urbano  Aglomerado urbano  Povoado  Povoado proto-histórico  Povoado fortificado   

Descrição

Troços de muralhas, correspondendo a três linhas de fortificações, e paredes de habitações circulares e rectangulares.

Acessos

Guisande, EN 206 (V. N. Famalicão - Guimarães); EN 309 (desvio para Braga); EM 627 para Guizande, caminho para o Monte Redondo a partir do Campo de Jogos. WGS84 (graus decimais) lat.: 41,473847, long.: -8,446881

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto de 16-06-1910, DG n.º 136, de 23 junho 1910

Enquadramento

Rural. O monte está coberto por densa vegetação. No sopé existe a capela do Senhor da Consolação dos Aflitos.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Época Construção

Proto-história

Arquitecto / Construtor / Autor

Não aplicável

Cronologia

Dados Técnicos

Materiais

Granito

Bibliografia

Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado, Inventário, Lisboa, 1993, vol. II, Distrito de Braga, p. 26; CASTRO, J.S.; CORREIA, S.; OLIVEIRA, E. P., O Castro Maximum (Monte Castro) Braga. Arqueologia e História, Actas do Seminário de Arqueologia do Noroeste Peninsular, Guimarães, 1980, II, p. 39; CUNHA, A. R., Trepando aos montes, O Distrito de Braga, 2ª Série, 1 (1 - 4), Braga, 1975, p. 497 - 498; BELLINO, A., Cidades Mortas, O Archeologo Português, 14, 1909, p. 7 - 15.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGEMN:DSID

Documentação Administrativa

DGEMN:DSID

Intervenção Realizada

1900 - escavações arqueológicas por Albano Belino.

Observações

Albano Belino, no início do nosso século, descreve a primeira muralha como tendo um perímetro de 1 050 m, a segunda como tendo uma porta para o lado poente e a terceira como estando muito destruída.

Autor e Data

Isabel Sereno e Paulo Dordio 1994

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login