Gruta dos Moinhos Velhos

IPA.00001797
Portugal, Leiria, Porto de Mós, Mira de Aire
 
Sítio geológico. Gruta com vestígios paleontológicos.
Número IPA Antigo: PT021016080004
 
Registo visualizado 569 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Sítio  Sítio geológico  Gruta      

Descrição

Formação cavernosa calcária e lávica, constituindo grandes reservatórios de água subterrâneos. A maior gruta portuguesa conhecida, com 8 000 m de gruta já explorada, com um desnível máximo de 235 m e 600 m de gruta visitável, com um desnível vencido de 110 m. A seguir à Sala Grande a Galeria Grande encaminha-se para S., recebendo as galerias circundantes, do Labrinto e a Gémea (esta com ligação com as Grutas da Contenda e da Pena). No começo da Galeria Grande uma bifurcação para E. conduz às galerias do Polvo e galerias do Rio Negro; para N. e através do colector branco as galerias do Polvo comunicam com as galerias do Vento, da Falha e dos Sifões. Encontram-se belíssimasformações calcárias de estalactites e estalagmites na Sala Grande, Galeria Grande, Galerias do Polvo e Galeria Gémea; as restantes galerias apresentam uma superfície polida e por vezes mesmo cortante pela erosão da água (canais forçados). Nas grutas têm sido encontrados inúmeros vestígios paleontológicos.

Acessos

EN. 243, sítio dos Moinhos Velhos, antes de entrar em Mira de Aire

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 40 361, DG, 1.ª série, n.º 228 de 20 outubro 1955

Enquadramento

Encosta O. da Serra de Aire, dominando a "polje" de Minde.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Privada: pessoa colectiva

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Arquitecto / Construtor / Autor

Não aplicável

Cronologia

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

CRISPIM, J.A., Boletim da Sociedade Portuguesa deEspeleologia, Vol. I, nº 1, 2ª série; THOMAS, Grottes et Algares du Portugal, Lisboa, 1985; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73387 [consultado em 20 dezembro 2016].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGEMN: DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

A Sociedade Portuguesa de Espeleologia tem vindo a explorar a Gruta desde 1948.

Autor e Data

Isabel Mendonça 1991

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login