Passos da Via Sacra e Capela do Senhor do Calvário em Proença-a-Velha

IPA.00017930
Portugal, Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Proença-a-Velha
 
Arquitectura religiosa, vernácula e seiscentista. Capela de planta longitudinal, de espaço único, antecedida por alpendre fechado, sustentado por colunas toscanas. Fachadas simples, a lateral rasgada por fresta na zona do altar-mor, possuindo a principal portal em arco de volta perfeita. Interior com cobertura de madeira em masseira e um simples altar-mor.
Número IPA Antigo: PT020505110135
 
Registo visualizado 416 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Edifício e estrutura  Religioso  Via Sacra  Via Sacra e capela  

Descrição

Planta longitudinal simples, de espaço único, antecedida por alpendre, de volumes articulados e coberturas diferenciadas em telhados de duas águas. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, rematadas por beirada simples. O alpendre é fechado por alto muro em cantaria de granito, a zona inferior rebocada e pintada de branco, com acesso frontal, sobre o qual surgem oito colunas toscanas, que sustentam a estrutura do telhado, a duas águas e com trave de betão; possui pavimento em cimento. Sobre o acesso, a estrutura forma um falso frontão triangular, onde surge um registo de azulejos monocromos, azuis sobre fundo branco, representando um Crucificado. Alpendre com pavimento em cimento e cobertura a duas águas e trave de betão. Fachada principal em empena, rasgada por portal em arco de volta perfeita, assente em impostas salientes. Fachadas lateral esquerda e posterior cegas, esta em empena, surgindo, na fachada lateral direita, uma fresta protegida por grades, a iluminar a zona do altar-mor. INTERIOR com paredes rebocadas e pintadas de branco, com marcação de duas fiadas de cantaria, com as juntas pintadas de branco, com friso moderno de papel, decorado com enrolamentos, com pavimento cerâmico e cobertura de madeira em masseira, assente sobre friso. A fresta apresenta a cantaria pintada de bege. Sobre pequeno supedâneo, surge um plinto troncopiramidal com a imagem do orago.

Acessos

Partindo de Proença-a-Velha, para o lado da Capela de Santo António. WGS84 (graus decimais) lat.: 40,026804, long.: -7,243246

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Rural, isolado e destacado, implantado em zona de ligiero declive, numa pequena elevação, encontrando-se rodeada, parcialmente, por muro de cantaria de granito, com as juntas pintadas de branco, e capeado, dispondo-se de forma escalonado, ao adaptar-se ao desnível do terreno, criando um pequeno adro envolvente. Na zona posterior e lateral direita, o recinto é fechado por rede. encontra-se pavimentado a calçada de paralelepípedos de granito, surgindo, junto à fachada posterior, um corpo de planta rectangular irregular, com cobertura a duas águas e rebocado e pintado de branco, com aberturas frontais, correspondendo a lojas, abertas nas épocas de romaria. Ao lado destas, uma estrutura de betão, que forma um amplo coreto rectilíneo, na base do qual se situam as instalações sanitárias, com acesso por duas portas de verga recta. No lado esquerdo, dois plintos com inscrições, pertencentes aos antigos Passos da Via Sacra e, nas imediações a cerca de 450m, um Passo da Via Sacra, formando um nicho rectangular, em cantaria, assente em duas mísulas do mesmo material. Surge, ainda, pertencente à antiga Via Sacra a cerca de 550m, um nicho integrado numa estrutura residencial, composto por base de granito, um vão rectilíneo, também em cantaria, rematado por dois pináculos e, ao centro, por cruz sobre plinto, ornado por elementos vegetalistas. No topo do recinto, um Calvário composto por três cruzes, assentes sobre plintos paralelepipédicos, o central ornado com duas tíbias e uma caveira, alusão ao Monte Golgotá, que sustentam cruzes latinas simples. Junto ao complexo, um amplo monumento, dedicado à Virgem.

Descrição Complementar

Fachada com registo de azulejo com a inscrição "RESTAURADO / 1976".

Utilização Inicial

Religiosa: Via Sacra

Utilização Actual

Religiosa: Via Sacra

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Portalegre - Castelo Branco)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17 (conjectural) / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 17 - provável construção do imóvel e dos elementos que compunham a Via Sacra; 1712 - o Padre Carvalho da Costa refere a existência de 5 ermidas na povoação, não as identificando; 1758 - não surge referida nas Memórias Paroquiais com este orago, existindo então nesse mesmo local a Capela de Santa Ana, sobre a qual esta foi posteriormente construída; séc. 20 - reforma da estrutura e da zona envolvente, com construção de anexos de apoio aos romeiros.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante.

Materiais

Estrutura em cantaria e alvenaria de granito e betão rebocado e pintado; modinaturas, colunas e muro em cantaria de granito; porta e cobertura de madeira; fresta com vidro simples e grade; telhado com telha.

Bibliografia

COSTA, P. António Carvalho da, Corografia Portugueza..., 2.ª ed., tomo II, Braga, 1868 [1.ª ed. de 1712].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

2002 - substituição da cobertura; 2003 - restauro da imagem do Senhor do Calvário e da estrutura retabular, por um espanhol.

Observações

Autor e Data

Paula Figueiredo 2008

Actualização

prohensa 2012
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login