Capela e Hospital da Santa Casa da Misericórdia de Ourém / Pousada Conde de Ourém

IPA.00017341
Portugal, Santarém, Ourém, Nossa Senhora das Misericórdias
 
Arquitectura religiosa e de saúde e arquitectura comercial e turística, do séc. 20. Pousada.
Número IPA Antigo: PT031421110019
 
Registo visualizado 518 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Edifício de Confraria / Irmandade  Edifício, igreja e hospital  Misericórdia

Descrição

A pousada ocupa vários edifícios, entre eles a antiga igreja e hospital da Misericórdia. Edifício da Misericórdia: planta longitudinal regular, de dois piso, de volumes horizontais e cobertura em telhados de 4 águas e aba corrida; fachadas rebocadas e pintadas de branco, delimitadas por cunhais em cantaria, sendo a principal somente até ao nível do primeiro piso; pisos separados por friso em cantaria; embasamento proeminente; Fachada principal tem o primeiro piso centrado por um portal de verga recta com remate em emtablamento e cornija sobre a qual assenta lateralmente 2 pináculos e cruz ao centro; a ladeá-lo 2 janelas de moldura rectangular de cada lado; o desnível em relação à via pública é vencido por 2 degraus; 2º piso aberto por 5 janelas de moldura recta, colocadas a eixo dos vãos inferiores.

Acessos

Rua São José; Largo D. João Manso, Cónego de Ourém; Rua José Flores.WGS84: 39º38'33.74''N.; 8º35'28.08''O.

Protecção

Incluído na Zona de Proteção da Antiga Vila de Ourém (v. PT031421110004)

Enquadramento

Urbano, adossado. Dentro do recinto muralhado de Ourém, a Pousada ocupa o edifício da Antiga Misericórdia, distribuindo-se em vários edifícios. No jardim fronteiro a uma das dependências ergue-se o Pelourinho (v. PT031421110002) e a Antiga Casa da Câmara (v. PT031421110034).

Descrição Complementar

Eram diversos os edifícios ocupados pela actual pousada. O corpo principal ocupa o que foi a igreja e hospital da Misericórdia. Da construção anterior resta uma sala com abóbada de arestas que terá sido a capela-mor da igreja. Alguns vestígios, como panos murários e bases de colunas, estão visiveis marcando uma pré-existência. Decrição de 1758 - Memórias Paroquiais - "Há na vila Hospital de cuja origem não há memória e se sabe que houve irmandade do hospital que tinha cuidado dos doentes e miseráveis com alguma renda que se tenha provido de deixas e de que no ano de 1519 sendo papa [Leão X], e governante de Portugal o Senhor Rei D. Manuel, se institui irmandade de Misericórdia a que se aplicavam todas as vendas do hospital que hoje (...) se administram pela irmandade da Misericórdia. Tem igreja só de uma nave e no altar estão a Senhora da Misericórdia em vulto e tem um retábulo em pano (...) e na mesma igreja está a capela do Senhor dos Passos imagem especiosissima e de devoção particular que também tem alguma renda que administra a Irmandade da Misericórdia e esta Santa Casa tem em cada ano 500.000 reis de rendas. Tem dois capelões, um quotidiano e outro que diz missa só nos dias de preceito. (...) O Reverendo Cabido depois do terramoto faz Coro na igreja da Santa Casa da Misericórdia que quase ficou inteira do terramoto e logo se acudiu a pequena ruína que experimentou."

Utilização Inicial

Religiosa: edifício de confraria / irmandade

Utilização Actual

Comercial e turística: pousada

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Grupo Pestana Pousadas

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITECTO: Carlos Ramos, Planeamento e Arquitectura, SA (1992-1996)

Cronologia

1946 - foi pedido um parecer à DGEMN, pela Fundação da Casa de Bragança, sobre a possibilidade de se instalar uma pousada de turismo no Castelo; 1959 - a Câmara Municipal de Ourém pede à DGEMN um estudo para a instalação de uma pousada no castelo da antiga vila ou dentro da área muralhada; 1960 - a CMO faz o pedido para o projecto ser executado pela DGEMN; 1979 - estabelecidos contactos entre a DGEMN e a DG Turismo, para a construção de uma pousada em Ourém; inquérito e estudo de viabilidade para a construção da pousada; 1985 / 1986 / 1987 - aquisição de imóveis pela Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais (?) para construção da Pousada de Ourém; DGEMN: 1990 - abertura de concurso para a construção da pousada de Ourém em edifícios adquiridos para o efeito; 1992 / 1996 - adaptação de 5 casas (entre as quais o antigo Hospital da Misericórdia) para instalação da Pousada Conde de Ourém (firma projectista: Carlos Ramos, Planeamento e Arquitectura, SA); 2000 - auto de entrega (para exploração) à Enatur.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSEP

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DREMLisboa, DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU:DGEMN/DSConstrução, DGEMN/DSARH-PO, DGEMN/DSEP, DGEMN/DNISP; DGARQ/TT: Memórias Paroquiais (vol. 26, n.º 51, fl. 395 a 410 - mif. 37)

Intervenção Realizada

DGEMN: 1992 / 1993 / 1994 / 1995 / 1996 - adaptação de 5 casas (entre as quais o antigo Hospital da Misericórdia) para instalação da Pousada Conde de Ourém (firma projectista: Carlos Ramos, Planeamento e Arquitectura, SA).

Observações

Autor e Data

Sofia Diniz 2003 / Cecília Matias 2004

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login