Pelourinho de Gavião

IPA.00001679
Portugal, Portalegre, Gavião, União das freguesias de Gavião e Atalaia
 
Memória de pelourinho, construído no séc. 20, integrando, supostamente, o remate original, de bloco prismático, com soco octogonal de três degraus e coluna de fuste cilíndrico sobre base circular. A estrutura é sobrepujada por esfera armilar e Cruz de Malta metálicos.
Número IPA Antigo: PT041209040002
 
Registo visualizado 124 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Judicial  Pelourinho  Jurisdição de ordem militar  Tipo bloco

Descrição

Estrutura em cantaria de granito, composta por soco octogonal de três degraus, onde assenta base simples, de planta circular contendo uma inscrição em numeração romana: "XXIII-XI-MDXIX". Fuste cilíndrico liso e monolítico, encimado pelo remate cúbico, apresentando nas faces as armas da vila e a cruz de Malta. Remate em esfera armilar de ferro, coroada por uma cruz de Cristo também em ferro.

Acessos

Praça do Pelourinho. WGS84 (graus decimais) lat.: 39.465932; long.: -7.932641

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano. Destacado em terreiro calcetado à beira de via de circulação. Envolvido por casario de habitação de 1 ou 2 pisos,

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Judicial: pelourinho

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Autarquia local, Artº 3º, Dec. nº 23 122, 11 Outubro 1933

Época Construção

Séc. 16 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1519, 23 Novembro - concessão de foral por D. Manuel I; Gavião era uma das vilas pertencentes ao priorado do Crato; 1758, 08 Outubro - nas Memórias Paroquiais, assinadas pelo pároco Frei João António Aires, é referido que a povoação tem 272 vizinhos e pertence ao Infante D. Pedro como Grão-Prior do Crato; tem juizes ordinários com câmara, sendo os oficiais nomeados pela Ouvidoria do Crato; 1895 - o concelho foi suprimido tendo sido anexado ao concelho de Nisa na categoria de sua freguesia; 1898 - foi novamente restaurado o concelho de Gavião; séc. 20, meados - reconstrução do pelourinho, reaproveitando parte do remate do primitivo; 2012, 05 abril - por Despacho do Diretor do IGESPAR, sobre a informação n.º 69/DIED/DIDA/2012, foi determinado retirar o pelourinho da lista de imóveis classificados, considerando-se que nunca o esteve, por não se verificar nenhuma das premissas necessárias.

Dados Técnicos

Sistema estrutural autónomo.

Materiais

Estrutura em cantaria de granito; esfera armilar em ferro.

Bibliografia

COSTA, Alexandre de Carvalho, Gavião, suas freguesias rurais e alguns lugares, Gavião, 1982; MALAFAIA, E.B. de Ataíde, Pelourinhos Portugueses - tentâmen de inventário geral, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1997; ROBIO, António Manuel, A Vila de Gavião e a sua Antiguidade in O distrito de Portalegre, 8 Março, 5 e 12 Abril, 1969.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

DGARQ/TT: Memórias Paroquiais (vol. 17, n.º 25, fl. 125-132)

Intervenção Realizada

Nada a assinalar.

Observações

Autor e Data

Rosário Gordalina 1991

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login