Castelo de Cabeço de Vide

IPA.00001616
Portugal, Portalegre, Fronteira, Cabeço de Vide
 
Castro proto-histórico de murallha circular, construída no cimo de uma vertente escarpada, com aparelho formado por fiadas de pedras pequenas, ajustadas entre si, característica das populações castrejas da Idade do ferro. Foi utilizado como castelo na época medieval, tendo portão da entrada com a cruz de Avis. Vestígio da organização urbana característica do final da pré-história que se destaca pelo uso da pedra numa zona onde sobressaem o tijolo, taipa e cal.
Número IPA Antigo: PT041208010007
 
Registo visualizado 325 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Militar  Castelo    

Descrição

Planta circular, irregular. Massa simples, disposta na horizontal. Entrada principal a S., rebocada e caiada, com portão gradeado, sobreposto por duas mísulas e escudo com a cruz de Avis. Parede da torre de menagem circular, com aparelho irregular, constituído por pedra solta, com falhas e vestígios de janelas. Ao centro do terreiro um depósito de água.

Acessos

No ponto mais elevado de Cabeço de Vide, ao lado da Igreja Matriz (v. PT041208010008). WGS84 (graus decimais) lat.: 39,134514, long.: -7,586748

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, cimo de monte, a 336m de altura (marco geodésico), isolado.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Militar: castelo

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 02 / 14 / 17

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 02 - construção do castro; séc. 14 - construção de um castelo sobre o castro; séc 17 - reconstrução do castelo; 2008, 10 janeiro - proposta de uma Zona Especial de Protecção conjunta para os imóveis classificados e em vias de classificação; 23 Abril - parecer do Conselho Consultivo do IGESPAR propondo a classificação do conjunto urbano, onde se insere o Castelo; 2009, 23 outubro - o processo de classificação caduca nos termos do artigo 78.º do Decreto-Lei n.º 309/2009, DR, 1.ª série, n.º 206, publicado nesta data.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes.

Materiais

Alvenaria de pedra solta

Bibliografia

KEIL, Luís, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Portalegre, Vol. 1, Lisboa, ANBA, 1943; Monumentos, n.º 11, Lisboa, DGEMN, 1999.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

CMF: 1999 - reconstrução e consolidação da primeira e segunda muralha; CMF: 2002 - intervenção arqueológica, conservação sem reutilização, obras de conservação geral e limpeza, consolidação estrutural.

Observações

Autor e Data

Helena Mantas e Marta Gama 2002

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login