Paço da Glória

IPA.00015072
Portugal, Viana do Castelo, Arcos de Valdevez, União das freguesias de Jolda (Madalena) e Rio Cabrão
 
Casa nobre.
Número IPA Antigo: PT011601190138
 
Registo visualizado 295 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial senhorial  Casa nobre    

Descrição

Possui dois quartos no solar e mais oito num anexo, sala de reuniões e restaurante, piscina, adaptada de um antigo tanque de rega em pedra. À entrada da quinta, num cercado em esteios de granito funciona o actual picadeiro.

Acessos

Jolda, EN. 202; Lugar de Novais

Protecção

Categoria: MIP - Monumento de Interesse Público / ZEP, Portaria n.º 740-AE/2012, DR, 2.ª série, n.º 248 de 24 dezembro 2012

Enquadramento

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa nobre

Utilização Actual

Comercial e turística: casa de turismo de habitação

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Época Construção

Séc. 18 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1515 - D. Manuel I doa as terras onde se implanta o solar; séc. 18 - construção do solar, ao que parece devido a uma competição entre o o seu senhor e o seu vizinho da Casa de Reguengo; posteriormente passou para a posse do Conde de Santa Eulália e depois para a de Peter Milworn, o qual procedeu a importantes reformas no solar, e ficou conhecido pela sua valiosa colecção de pintura da qual faziam parte obras de pintores como Picasso, Matisse, Cezanne e Van Gogh e outros; séc. 20 - adaptado a Turismo de Habitação; transformação de tanque de regue em piscina; 1992, 29 julho - proposta de classificação da Associação Portuguesa de Casas Antigas; 1994, 29 junho - proposta de abertura do processo de classificação da DRPorto; 2008, 17 dezembro - proposta da DRCNorte para a classificação como Imóvel de Interesse Público e definição de Zona Especial de Proteção; 2009, 03 março - parecer favorável relativo à classificação e definição de Zona Especial de Proteção do Conselho Consultivo do IGESPAR, I.P.; 2010, 08 julho - despacho de homologação à proposta de definição da Zona Especial de Proteção do Secretário de Estado da Cultura; 2011, 10 outubro - parecer da SPAA do Conselho Nacional de Cultura a clarificar que a categoria a atribuir ao imóvel deve ser a de Monumento Interesse Público; 2012, 07 fevereiro - publicação do projeto de decisão de classificar o imóvel como Monumento de Interesse Público e fixação da respetiva Zona Especial de Proteção, em DR, 2.º série, n.º 27, anúncio n.º 2632/2012.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO. *1 - DOF: Paço da Glória constituído pelo edifício principal, capela, construção anexa e portal.

Autor e Data

Paula Noé 2003

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login