Castelo de Folgosinho

IPA.00001470
Portugal, Guarda, Gouveia, Folgosinho
 
Castelo de construção novecentista revivalista, não baseada em documentação histórica e sem incorporação de elementos originais, com planta circular, torre de planta quadrada e guaritas cilíndricas. O castelo primitivo defendia o acesso à região do Alto Mondego.
Número IPA Antigo: PT020906050005
 
Registo visualizado 416 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Militar  Castelo    

Descrição

Planta circular com cerca de 10 m de diâmetro; muralha com parte inferior em alvenaria e parte superior em cantaria, possuindo espécie de adarve pouco elevado e de escassa profundidade e sendo rematada por merlões rectangulares; o perímetro muralhado é interrompido a O. para dar acesso ao recinto. Torre de planta quadrada, inserida a E., sustentada no lado exterior por mísulas, tendo porta com lintel recto a N. e sineta antecedida por friso saliente encimado por pequenos merlões rectangulares. Integra três guaritas cilíndricas, com porta em arco quebrado e remate com merlões rectangulares *1.

Acessos

Rua do Castelo

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 26 453, DG nº 70 de 25 março 1936

Enquadramento

Urbano, limite do aglomerado; isolado; situa-se no topo de uma colina, de quartzo branco e rosa, a 930 m. de altitude, no flanco da Serra dos Galhardos, sobranceira no vale do Mondego.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Militar: castelo

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1183 - hipotética edificação do castelo, talvez construído sobre ruínas de castro lusitano, por D. Sancho I (J. Almeida), do qual subsistiriam alguns vestígios no início do séc. 20; 1187 - concessão de foral por D. Sancho I; 1217 - confirmação do foral por D. Afonso II; 1350 - concessão de foral por D. Dinis; séc. 15 - pertencia à família Sousa; 1512 - concessão de foral por D. Manuel I; 1938-1939 - construção do castelo por iniciativa da Junta de Freguesia de Folgosinho.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Granito; cantaria e alvenaria; aparelho isódomo; revestimento inexistente.

Bibliografia

ALMEIDA, José Maria, A "Vila" de Folgosinho in Altitude, Guarda, 1ª. série, nº. 10-12, 1914; ALMEIDA, João de, Roteiro dos Monumentos Militares Portugueses, Lisboa, 1945; RODRIGUES, António Mendes Belo, Folgosinho, Terra de Viriato, s.l., 1986; GOMES, Rita Costa, Castelos da Raia. Beira, vol. I, Lisboa, 1997; Dicionário enciclopédico das freguesias, vol. 2, Matosinhos, 1998.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

Observações

*1 - Integra marco geodésico no interior do recinto.

Autor e Data

Margarida Conceição 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login