Dólmen da Pedra da Orca

IPA.00001466
Portugal, Guarda, Gouveia, União das freguesias de Rio Torto e Lagarinhos
 
Dólmen megalítico, de câmara poligonal e corredor curto, atendendo à tipologia estabelecida por I. Moita; variante mais numerosa e característica da Beira Alta. Grupo considerado como forma intermediária entre o dólmen de câmara poligonal e corredor longo, característico do S., e o dólmen sem corredor, comum no NO. peninsular.
Número IPA Antigo: PT020906150009
 
Registo visualizado 457 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Funerário  Anta    

Descrição

Câmara com cerca de 3,5 m de diâmetro, em forma de tronco de pirâmide de base decagonal, constituída por sete esteios quase trapezoidais inclinados para o centro, à excepção da pedra mestra em posição vertical; entrada orientada a E. possuindo também abertura do lado oposto; somente a pedra mestra e os dois esteios O. apresentam a totalidade da sua altura, encontrando-se os restantes fragmentados, inclinados e alguns caídos no solo; chapéu de forma quase quadrangular muito inclinado. Corredor curto composto por quatro esteios, dois ainda erectos e dois caídos no solo. Não existem vestígios da mamoa.

Acessos

EN 17, ao Km 103, a 120 m a Noroeste

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 38 491, DG, 1ª série, nº 230 de 06 novembro 1951 *1

Enquadramento

Rural e paisagística; isolado; local plano no topo de pequena elevação; proximidade de caminho rural e da EN 17.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Funerária: anta

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Megalítico

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Megalítico - edificação; 1895 - exploração arqueológica efectuada por Maximiliano Apolinário, que recolheu o seguinte espólio, que foi transferido para o Museu Etnográfico Português: 11 pontas de seta triangulares de silex, 2 pontas de seta de quartzo, 3 pontas de seta trapezoidais de silex, 2 contas, vaso de argila, vários fragmentos cerâmicos, ossos humanos.

Dados Técnicos

Esteios em posição erecta.

Materiais

Granito

Bibliografia

LEAL, Pinho, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, 1873; SARMENTO, Francisco Martins, Expedição Scientífica à Serra da Estrella em 1881, Lisboa, 1883; VASCONCELOS, J. Leite de, Aquisições do Museu Etnográfico Português, in O Archeologo Português, Lisboa, vol. I, 1895; MOITA, Irisalva, Características Predominantes do Grupo Dolménico da Beira Alta, Lisboa, 1968.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

Observações

*1 - DOF: Dólmen ou anta situado no prédio rústico denominado Pedra da Orca. *2 - Encontra-se em elaboração um projecto para arranjo da envolvente, da responsabilidade da Câmara Municipal de Gouveia.

Autor e Data

Margarida Conceição 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login