Capela de Santa Marta / Capela de Nossa Senhora da Conceição

IPA.00001365
Portugal, Guarda, Gouveia, União das freguesias de Melo e Nabais
 
Capela maneirista muito simples, destacando-se a decoração dos portais principal e lateral, em arco de volta perfeita com duas arquivoltas e enquadrados por pilastras e remate em frontão interrompido por nicho concheado com imaginária, sendo de referir o friso com elementos geométricos e egicrâneos, motivo clássico ligado ao sacrifício dos animais e assimilado pela tratadística arquitectónica. É de planta retangular simples, com fachada principal rasgada em eixo composto por portal de verga recta, assente em pilastras, óculo e remate em frontão triangular. Fachadas circunscritas por cunhais apilastrados e remate em cornija, a lateral direita rasgada por portal semelhante ao axial e por janela; sineira sobre a fachada lateral direita. Interior com cobertura em abóbada de berço. Conjugação de gárgulas de canhão na fachada lateral direita e antropomórficas na principal. Um ressalto percorre todo o imóvel, mesmo ao nível dos cunhais. O vão do portal axial é mais amplo no interior.
Número IPA Antigo: PT020906090007
 
Registo visualizado 552 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta retangular simples com nave rectangular e cobertura a duas águas. Fachadas em cantaria aparente, em aparelho isódomo, com pequeno ressalto a meia altura, circunscritas por cunhais apilastrados, firmados por pináculos piramidais encimados por bola, percorrida por embasamento pouco proeminente e remates em cornija, onde surgem gárgulas de canhão. Fachada principal voltada a S. com portal de volta perfeita com duas arquivoltas assentes em impostas salientes e ladeado por pilastras molduradas, com os seguintes decorados por motivo geométrico circular, e encimado por friso decorado com triglifos alternando com motivos geométricos circulares e egicrâneos, sendo rematado por frontão curvo interrompido, que enquadra nicho de volta perfeita, concheado, ladeado por pilastras e rematado superiormente por cornija muito saliente, o qual integra uma imagem escultórica de São Paulo em pedra. Fachada rematada por frontão triangular com óculo moldurado ao centro e base de cruz no vértice. Lateralmente e junto à base do frontão, existem duas gárgulas com decoração antropomórfica. Fachada O. parcialmente adossada, sendo visível o remate em cornija. Fachada E. rasgada por pórtico de volta perfeita, semelhante ao da fachada principal, encimado por nicho igualmente semelhante, contendo a imagem escultórica de São João Baptista; segue-se uma janela rectilínea, de moldura simples e gradeada. Na cornija, três gárgulas de canhão e sobre o beiral vê-se sineira em arco de volta perfeita, assente em pilastras esguias e encimada por friso, volutas e pináculo piramidal central. Fachada N. cega, rematando em empena. INTERIOR em cantaria aparente em aparelho isódomo, pavimento lajeado e cobertura em abóbada de berço de cantaria, assente em cornija; no pavimento, duas sepulturas com pegas metálicas. Portal axial com vão de volta perfeita mais largo que o exterior. Sobre um pequeno degrau, ara de altar granítica assente em dois pilares toscanos. Na parede testeira, uma imagem do Crucificado.

Acessos

Rua da Praça

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 28 536, DG, 1ª série, n.º 66 de 22 março 1938 *1

Enquadramento

Urbano, adossado, situa-se no limite do aglomerado, em local plano, à beira da via pública, encontrando-se adossada no lado O. a construção de arquitectura corrente e confinando, no oposto, com terrenos de cultivo.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese da Guarda)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 17 - provável construção da capela; 1721 - referida na Memória Paroquial como tendo sido fundada pelo cónego da Sé da Guarda, João de Almeida e o irmão António Cabral, sendo visitada pelos bispos; referência à ermida de Santa Marta; 1758 - referida na Memória Paroquial como tendo as imagens de Nossa Senhora da Conceição, São Bernardo e Santo António; administrada por Manuel Pinheiro Souto Maior, da Quinta de Santa Eulália, de Seia; 1949 - era utilizada pelos proprietários como depósito de vasilhame, tendo sido despojada do seu recheio ornamental; 1996 - adquirida pela Fábrica da Igreja Paroquial, conforme escritura de compra.

Dados Técnicos

Estrutura mista; abóbada de berço.

Materiais

Cantaria de granito na estrutura, molduras, cunhais, cornijas, pináculos, nichos, estatuária do exterior, cobertura interior, ara de altar e pavimento; madeira nas portas e bancos; ferro nas grades da janela e estrutura das portas; telha de canudo na cobertura.

Bibliografia

MOTA, Eduardo, Corografia setecentista do concelho de Gouveia, Gouveia, 1992; FRAGA, João Baptista de Almeida, Melo na História e na Genealogia, Lisboa, 1993.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

DGEMN: 1996 - reconstrução da cobertura e reparação de vãos; Paróquia: 1997 - reparação do pavimento, instalação eléctrica.

Observações

*1 - trata-se da Capela de Nossa Senhora da Conceição, pois a Capela de Santa Marta, que se localizava nas proximidades, foi demolida na 1ª metade do séc. 20, dela não subsistindo quaisquer vestígios, à excepção da toponímia, a qual tinha, segundo referência nas Memórias Paroquiais, em 1758, pinturas murais.

Autor e Data

Margarida Conceição 1992

Actualização

Paula Figueiredo 2003
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login