Igreja Paroquial da Luz de Lagos / Igreja de Nossa Senhora da Luz

IPA.00001284
Portugal, Faro, Lagos, Luz
 
Arquitectura religiosa, gótica, manuelina e barroca. Igreja paroquial de planta liongitudinal, contrafortada. Interior de espaço unificado com capela-mor coberta por abóbada de nervuras de perfil rebaixado. A igreja é contrafortada apenas do lado N., com contrafortes de talude muito salientes, que aparentam ter sido arcobotantes na origem.
Número IPA Antigo: PT050807030005
 
Registo visualizado 899 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta longitudinal, composta por corpo da igreja de nave única, rectangular, e cabeceira quadrangular, com Sacristia adossada a S., rectangular. Massa de volumes articulados, horizontalizante, de que sobressaiem em altura dois campanários e a torre sineira. Coberturas em telhados de 2 águas sobre o corpo da igreja, de 1 água sobre a Sacristia e domo piramidal sobre a torre sineira. Fachada principal orientada, harmónica, a que se adossa a S. a torre sineira; ao centro rasga-se portal de arco pleno inscrito num pequeno alfiz marcado por duas pilastras, que se elevam das impostas, superiormente unidas por uma cornija sobre a qual assentam duas urnas a ladear uma cruz pétrea; o portal é encimado por um óculo e o remate é em empena angular finalizado por uma cruz de ferro; os panos laterais são ocupados pelos 2 campanários, marcados por pilastras, sendo perifericamente o de N. em cunhal, de registo inferior cego dividido do segundo por uma cornija, e este vazado pelas sineiras em arco pleno, renatadas por um pequeno coruchéu de ressaltos acantonado e encimado por fogaréus; a torre sineira é delimitada por cunhais finalizados por pináculos; é de registo único aberto por 2 frestas e rematado em empena curva de perfil rebaixado e coroado pelas 4 sineiras em arco pleno. Fachada lateral N.: marcada por 5 contrafortes de talude, muito salientes, entre os quais se rasgam 4 frestas; remate em beiral. Fachada S.: com dois registos escalonados, o inferior aberto por duas portas; remates em beiral. INTERIOR: Nave única de dois tramos cobertos com tecto de maceira; do lado do Evangelho Baptistério quadrangular com pia de taça facetada sobre coluna e, junto à entrada, pia de água benta decorada com troncos entrançados; arco triunfal quebrado de três arquivoltas sobre outras tantas colunas encimadas por capitéis vegetalistas. Capela-mor coberta com abóbada de nervuras de perfil rebaixado, apoiada em mísulas vegetalistas com cadeia longitudinal e 3 bocetes decorados, um floral, outro com uma cruz florenciada e outro com o monograma IHS (Jesus); retábulo de talha dourada, com colunas salomónicas intercaladas por nichos com imagens de vulto policromadas, a suportar arcos concêntricos unidos por raios de talha *1.

Acessos

Rua da Igreja, Praça da República

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 33 587, DG, 1.ª série, n.º 63 de 27 março 1944 (capela-mor)

Enquadramento

Urbano. Isolado, em largo plano, circundado por adro murado e parcialmente arborizado, separando a igreja das vias de circulação rodoviária a O., N. e E.. Nas proximidades, a O., o Castelo da Senhora da Luz (v. PT050807030006).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16 / 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

1521 - Data inscrita na cruz do zimbório da igreja referida pelo Padre Benevides em 1755 (GUERREIRO, 1991); 1575 - Reedificação da fortaleza e defesas da igreja; 1624 - Construção da muralha que circundava o templo; 1874 - Reconstrução do corpo da igreja; 1941- Um ciclone arruina a igreja; 1942, 12 Dez. - A igreja encontra-se em ruína; 1954, 23 Out. / 1957, 26 Maio - Reconstrução e inauguração da igreja; 1969, 28 Fev.- Afectada pelo sismo.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante.

Materiais

Cantarias de calcário, alvenaria mista, madeira, talha dourada, vidro, ferro, betão armado.

Bibliografia

GUERREIRO, Catarina Gloria, A história da minha terra, Nossa Senhora da Luz, Lagos, 1991; LOPES, João Baptista da Silva, Corografia (...) do reino do Algarve, Lisboa, 1841; Ministério das Obras Públicas, Relatório da Actividade do Ministério no ano de 1955, Lisboa, 1956; Ministério das Obras Públicas, Relatório da Actividade do Ministério no ano de 1956, Lisboa, 1957.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

DGEMN: 1947 / 1955 - Obras de restauro: aproveitamento de todos os elementos em bom estado; escavações e terraplanagens para desobstruir e enquadrar a igreja; demolição de muros arruinados e construções de novos, ajardinamento do local; 1955 - Demolição de alvenarias, picagem, reboco e pintura, colocação de lajedo de cantaria no pavimento, restauro do altar-mor e sacrário em talha dourada; 1956 - Obras de pequena envergadura, pelos Serviços dos Monumentos Nacionais; 1960 - Obras de conservação, reconstrução de rebocos, caiação de paredes e abóbada de alvenaria; 1969 - Reparação dos estragos causados pelo sismo de 28 de Fevereiro: construção de betão armado em lintéis e cintas de travamento, refechamento de fendas, caiação; 1972 - Picagem e reboco paredes salitrosas, caiação; Paróquia (?): 2004, Jun. / Set. - Substituição total da cobertura incluindo travejamento; obras de conservação na fachada principal e torre sineira.

Observações

*1 - ao invés do que afirma Francisco Lameira (LAMEIRA, 2005), o retábulo não parece ter sido projectado de raiz para este local, mas sim adapatado ao espaço onde se insere; para além do retábulo da capela-mor existiam altares laterais, sobre invocação do Sagrado Coração, do lado do Evangelho, e de Nossa Senhora de Fátima, do lado da Epístola.

Autor e Data

João Neto 1991 / Lina Oliveira 2007

Actualização

Rosário Gordalina 2005
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login