Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande

IPA.00011913
Brasil, São Paulo, São Paulo, Guarujá
 
Arquitectura militar.
Número IPA Antigo: BR922502140001
 
Registo visualizado 148 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Militar  Fortaleza    

Descrição

Acessos

Ilha de Santo Amaro

Protecção

Tombamento Federal - IPHAN, 1964

Enquadramento

Está situada na ilha de Santo Amaro entre a praia do Góes e a praia de Santa Cruz dos Navegantes.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Militar: fortaleza

Utilização Actual

Cultural e recreativa: monumento

Propriedade

Estado

Afectação

Época Construção

Séc. 16 / 17

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITECTO: João Battista Antonelli (1583); João Massé (1715); Luís António de Sá Queiroga (1717).

Cronologia

1583/1584 - construção da fortaleza; Diogo Flores de Valdez ordenou ao capitão-mor de São Vicente que construísse um forte na baía segundo projecto de Bautista Antonelli; 1711 - um morador propôs-se a reconstruir a fortaleza às suas expensas, em troca de algumas mercês; 1715 - a Coroa aceitou a proposta, concedendo em troca a fidalguia, o hábito da Ordem de Cristo e respectiva tença; contudo, as obras não foram iniciadas pelo morador, e o engenheiro João Massé ficou encarregue de as prosseguir; 1717 - Luís António de Sá Queiroga foi chamado a construir na fortificação os parapeitos, um reduto, cortina e casa da pólvora; 1721 - foi concluída a muralha, que nos anos seguintes foi foi armada com peças de artilharia; 1731 - recebeu alguns melhoramentos; 1765 - fortaleza foi ampliada e reparada; foi também construído um forte de apoio na praia de Góis; 1889 - a fortaleza passou a ser da jurisdição do Minstério da Marinha; 1905 - foi desarmada; 1997 - foi restaurada e aberta ao público; 1979, 26 Fevereiro - a inscrição do Fortim da Praia do Góis, do Portão Espanhol e da área que envolve todos os monumentos foram incluídos no tombamento do Forte da Barra Grande.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

CORREIA, João Rosado, CORRÊA, Tupã Gomes, WRIGHT, Antónia Fernanda Pacca de Almeida, STELLA, Roseli Santaella, e CORREIA, Delmira Alberto, Fortificações Portuguesas no Brasil, dos Descobrimentos à Época Pombalina. A fundação do sistema português de comunicação ultramarina. Uma redescoberta da origem cultural do Brasil, Monsaraz, 1999;

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

CONDEPHAAT: Processo de Tombamento, nº 0441-T-50, inscrição no Livro Histórico, nº 365 ; Vol. 1 ; F. 059, 1964.

Intervenção Realizada

Observações

*1 - DOF: Forte da Barra Grande, inclusive o Fortim da Praia de Góis, o Portão Espanhol e toda a área que os envolve. EM ESTUDO

Autor e Data

Sofia Diniz 2002

Actualização

Rita Vale 2012
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login