Capela da Senhora do Viso / Miradouro da Senhora do Viso

IPA.00011383
Portugal, Guarda, Vila Nova de Foz Côa, Custóias
 
Arquitetura religiosa, de origem antiga, reconstruída no séc. 19. Capela de planta longitudinal composta por nave e capela-mor mais estreita, com cobertura homogénea a duas águas, iluminada por pequena fresta retangular rasgada na fachada lateral direita. Fachada principal em empena truncada por sineira, sem sino, em arco de volta perfeita, e rasgada por portal em arco de volta perfeita, de granito. Fachadas simples, rebocadas e pintadas de branco, terminadas em cornija de betão sobreposta por beiral. Interior com púlpito e arco triunfal de volta perfeita de granito, parede testeira com nicho de pedra de planta concava.
Número IPA Antigo: PT010914050065
 
Registo visualizado 1823 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta longitudinal composta por nave e capela-mor mais estreita, com cobertura homogénea, em telhado de duas águas. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, terminadas em cornija de betão, sobreposta por beiral simples. Fachada principal virada a O., de pano irregular, terminada em empena truncada por pequena sineira, em arco de volta perfeita, rematada em cruz latina. É rasgada por portal em arco de volta perfeita, com moldura de granito, e percorrida por embasamento saliente, de betão, pintado. Fachada lateral esquerda cega e fachada oposta rasgada na nave por porta de verga reta, recuada, deixando ver a grossura dos paramentos, e na capela-mor fresta retangular envolvida por moldura de granito. Fachada posterior flanqueada por cunhais de pedra à vista em aparelho irregular, terminada em empena, apresentando ao centro cruz metálica que se eleva a partir do pavimento, sobre plinto de betão. INTERIOR com paredes irregulares, rebocadas e pintadas de branco, pavimento em cimento pigmentado de rosa e cobertura de também de cimento, pintada de azul claro. No lado da Epístola, púlpito com guarda balaustrada de madeira, assente em base de cimento e acesso por escada. Arco triunfal, em arco de volta perfeita formado por silhares de pedra de granito. Capela-mor com piso relativamente rebaixado, adaptado ao declive do terreno, com paredes e cobertura semelhantes à nave. Na parede testeira, nicho retangular, de pedra, de planta côncava, ladeado por duas mísulas com imaginária.

Acessos

EN 222, entre Senhora da Estrada e Horta do Douro, antes de Horta, junto à placa que anuncia o inicio do concelho de Vila Nova de Foz Côa, virar à esquerda para o Monte da Senhora do Viso.

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Rural, isolado, no topo do monte da Senhora do Viso, a cerca de 800 m de altitude, em recinto pavimentado e protegido por guarda de ferro, formando miradouro de onde se desfruta de um vasto panorama paisagístico, sobre vários povoados do distrito da Guarda, Viseu, Bragança e terras de Espanha, assim como outros miradouros como a Capela de Santa Bárbara / Miradouro de Santa Bárbara (v. PT010914080072), Capela de São Martinho / Miradouro de São Martinho (v. PT010914150109) e o Santuário do Salvador do Mundo / Miradouro de São Salvador do Mundo (v. PT011815080070). Caracterizam a paisagem acentuadas encostas moldadas pelo homem, formando um mosaico diversificado de culturas com principal predomínio da oliveira, amendoeira e vinha, banhadas pelas margens do Rio Douro. Em frente à fachada principal ergue-se um marco geodésico.

Descrição Complementar

No monte, a SO, desenvolvem-se várias estruturas, como sanitários, bar de apoio às festas, palco para celebração de missa exterior em dias de festa, parque de estacionamento e cruzeiro recente, de granito, formado por base de degraus circulares e plinto também circular que suporta cruz de granito simples, de secção quadrangular.

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela / Cultural e recreativa: miradouro

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Lamego)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 10 / 19 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 10 - Construção do imóvel, no interior das muralhas de um castelo; séc. 18 - o castelo já se encontrava em ruínas; 1834, abril - foi a imagem da Virgem removida para a igreja matriz, o que causou uma grande desordem entre os habitantes de Custoias e Numão, na disputa da referida imagem, tendo vencido os habitantes de Custoias; 1874 - Pinho Leal refere no Portugal Antigo e Moderno, que no cimo do Monte de Nossa Senhora do Viso se encontram as ruínas da antiquíssima capela da Senhora que seu o nome ao monte; a capela teve em tempos grandes rendimentos vindos de Almeida e Foz Côa; séc. 19 (final) - alguns habitantes iniciaram a reconstrução da capela; 1874 - as paredes estavam quase concluídas.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura de pedra rebocada e pintada de branco; cunhais da fachada posterior, moldura da porta principal e da janela da fachada lateral esquerda, em cantaria de granito aparente; cornija e sineira em betão; portas de madeira; janela com vidro simples; grades e guarda em ferro; cobertura de telha.

Bibliografia

FERREIRA, J.A. Pinto, Antigo Concelho de Freixo de Numão - memórias paroquiais do século XVIII, Lisboa, MCMLXXIV; CD Portugal Século XXI - Guarda, Matosinhos, 2001; LEAL, Pinho, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, 1874.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Séc. 20 (segunda metade) - Reconstrução da capela; construção de equipamentos de apoio; arranjo do largo e acessos; 2011 - pintura geral da capela; alteração da cornija; substituição da sineira de betão por sineira de granito; conservação da cobertura.

Observações

Autor e Data

Paula Figueiredo 2002 / Ana Filipe 2011

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login