Igreja Paroquial da Figueira da Foz / Igreja de São Julião

IPA.00010787
Portugal, Coimbra, Figueira da Foz, Buarcos
 
Arquitectura religiosa, setecentista. Igreja paroquial.
Número IPA Antigo: PT020605110044
 
Registo visualizado 138 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Fachada principal de três panos delimitados por pilastras e rermatada por friso. Os corpos laterais pertencem às duas torres sineiras que só se tornam independentes no último corpo, ficando a empena do corpo central retraída para a linha posterior delas, formando um terraço protegido por balaustre. O corpo central aberto por portal em arco com frontão triangular é encimado por janelão de verga recta com frontão tinangular, gramática que se repete nas janelas dos corpos laterais, à excepção dos dois janelões que ladeiam o portal que apresentam frontão curvo. Empena triangular recuada aberta por janela e rematada no vértice por cruz. As duas torres, com cunhais de cantaria são rematadas por pináculos piramidais e abertas por sineiras; coberturas em corochéu bolboso. INTERIOR: capela-mor com retábulo com quatro colunas e retábulos colaterais de 2. Na capela lateral esquerda encontra-se um pequeno retábulo de pedra, proveniente do Mosteiro de Seiça.

Acessos

Largo Padre Arménio

Protecção

Categoria: MIP - Monumento de Interesse Público / ZEP, Portaria n.º 740-BF/2012, DR, 2.ª série, n.º 248 de 24 dezembro 2012*1

Enquadramento

Urbano.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Coimbra)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 16 - Ajuda de 7.000 reais concedidos pelo cabido da Sé de Coimbra ao Concelho de Buarcos para corregimento da igreja de São Julião da Foz do Mondego; 1716 - reedificação da igreja; 1778 - nova campanha de obras; 1782 - data de um dos sinos da torre poente, fabricado por "JOANES FERREIRA LIMA ME FECIT BRACHARAE"; séc. 19 - intervenções diversas; 2002, 28 de janeiro - proposta de abertura do processo de classificação da DRCoimbra; 20 de maio - Despacho de abertura do Vice-Presidente do IPPAR; 2004, 10 de novembro - Proposta da DRCoimbra para a classificação como IIP; 2009, 3 de março - Parecer favorável do Conselho Consultivo do IGESPAR, I.P.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Bibliografia

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

DGARQ/TT: Conventos diversos, Cabido da Sé de Coimbra, maço 7, doc. 319

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO. *1 - A classificação abrange a Igreja e todo o seu património integrado.

Autor e Data

Cecília Matias 2002

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login