Mosteiro de São Paulo / Igreja Paroquial de São Paulo de Frades / Igreja de Nossa Senhora do Rosário

IPA.00001002
Portugal, Coimbra, Coimbra, União das freguesias de Eiras e São Paulo de Frades
 
Mosteiro masculino cisterciense, de que resta uma igreja, resultante de várias campanhas de obras que mantém vestígios românicos no exterior da capela-mor. Do período manuelino possui a abóbada do coro e os azulejos sevilhanos da capela-mor. O retábulo-mor é de talha nacional. Mantém vários elementos de épocas distintas, nomeadamente uma abóbada manuelina, destacando-se o revestimento azulejar da capela-mor.
Número IPA Antigo: PT020603230041
 
Registo visualizado 361 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Convento / Mosteiro  Mosteiro masculino  

Descrição

Planta longitudinal simples de nave única, cabeceira semi-circular e coro-alto. Cobertura diferenciada em telhado de 2 águas. Fachada principal de 3 registos: inferiormente, ao centro, rasga-se portal rectangular, antecedido por escadaria, enquadrado por pilastras e munido de frontão angular interrompido; 2º registo de três panos, sendo o central delimitado por pilastras angulares e apresentando, à altura do coro-alto e na prumada do portal, 1 nicho com imagem, de pilastras e verga dupla arquitravada recortada; os panos laterais, recuados, são rasgados por janelas quadrangulares de vergas de cantaria e rematados por beiral. 3º registo de três panos: no central o corpo da sineira delimitado por pilastras angulares, no seguimento das inferiores, munidas de plintos; é rasgado por janelão sineiro de volta perfeita assente em pilastras munidas de bases e capitéis; remate em frontão angular rematado por cruz de pedra no vértice e plintos coroados de bolas nos ângulos; os panos laterais constituiem-se pelos paramentos da empena do corpo da nave. Fachadas laterais com contrafortes e frestas. Fachada da cabeceira com contrafortes e cornija com modilhões. INTERIOR: antecede a nave coro-alto com abóbada de combados com grandes chaves decoradas; assenta em pilastras munidas de altos plintos e apresenta a face interna dos torais decorada de quadrados e losangos. Nave iluminada por 4 janelões em arco de volta perfeita com capialço; do lado do Evangelho púlpito todo ele de cantaria; do lado da Epístola pequeno nicho com imagem figurando a "Virgem e o Menino"; cobertura em tecto de madeira de caixotões, de secção poligonal. Arco triunfal de volta perfeita assente em colunas adossadas; altares colaterais de talha dourada e polícroma esculpida. Capela-mor de dois tramos sendo o arco toral igual ao arco triunfal; 1º tramo rectangular com cobertura em abóbada de berço; 2º tramo semicircular com cobertura em abóbada de quarto de esfera e paredes rasgadas por janelões de volta perfeita e capialço; revestimento a azulejos polícromos que forram igualmente os arcos e elementos de suporte e que no 2º tramo se eleva à altura das janelas; retábulo-mor de talha dourada e polícroma com trono.

Acessos

São Paulo de Frades

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 47 508, DG, 1ª série, n.º 20, de 24 de janeiro 1967; Decreto n.º 5/2002, DR, 1ª série, n.º 42 de 19 fevereiro 2002

Enquadramento

Urbano, adossado, destacado.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: mosteiro masculino

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Coimbra)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 12 / 13 / 16 / 17

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1221- construção de um mosteiro masculino da Ordem de Cister; séc. 13 - construção de uma nova igreja, mantendo-se a capela-mor existente; séc. 16 - construção de 1 nova nave; 1689 - reconstrução da fachada e abóbada na igreja.

Dados Técnicos

Estrutura mista.

Materiais

Estrutura em alvenaria de calcário, rebocada e pintada de branco; cunhais, modinaturas, frontão, abóbada em cantaria de calcário; portas e retábulos de madeira.

Bibliografia

FIGUEIREDO, A. Mesquita de, O Mosteiro de S. Paulo de Almaziva a par de Coimbra, Terra Portuguesa, nº 24, Lisboa, 1918; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73042 [consultado em 11 agosto 2016].

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID, DGEMN/DRMC

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

DGEMN: 1983 / 1984 - reparação coberturas e telhados na nave e capela-mor; execução da cornija segundo elementos ainda existentes; demolição da construção adjacente a N. da igreja; 1985 - obras de conservação: rebocos, reparação portas e janelas; execução tecto da nave em caixotões; renovação da instalação eléctrica; 1986 - reparaçãodo patamar da entrada com construção de plinto para colocação de imagem; execução de mobiliário; 2003 - intervenção de escoramento da abóbada de suporte do coro-alto, em perigo de abatimento, antecedendo a preparação de intervenção geral de preparação.

Observações

Autor e Data

Horácio Bonifácio 1991 / Rosário Gordalina 1998

Actualização

Antero Carvalho 2005
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login