Ermida de Nossa Senhora da Conceição

IPA.00001196
Portugal, Faro, Alcoutim, União das freguesias de Alcoutim e Pereiro
 
Arquitectura religiosa, manuelina, quinhentista. Igreja com com portal manuelino, frontão, escadório e retábulo-mor barrocos. Retábulo-mor com tribuna e trono com imagem de Nossa Senhora da Conceição ladeada por colunas torsas e decorações em pâmpano. Escadório de acesso à fachada E. correspondendo ao volume da capela, do séc. 18, de efeito cenográfico
Número IPA Antigo: PT050802010006
 
Registo visualizado 182 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta longitudinal composta por nave, capela-mor, sacristia e anexo a S.; volumes escalonados dispostos na vertical com coberturas diferenciadas em telhado de duas águas para nave e anexo, uma água para sacristia e cúpula para capela-mor. Fachada principal a O de pano único e dois registos definidos pelo alfiz do portal que caracteriza o registo inferior, em arco quebrado de cantaria com dois colunelos de bases e capiteis decorados com motivos geométricos e vegetalistas ladeado na enjunta por duas marcas circulares e encimado por pequena cornija; envolvendo-o duas janelas simples e rectangulares; segundo registo definido por janela rectangular gradeada encimada por escudo e coroa real e pelo remate da fachada com frontão de lanços curvos com quatro pináculos e cruz de ferro ao centro sobre pedestal. Fachada lateral N. cega rematada por beirado. Fachada lateral S. de três corpos caracterizando a nave, anexo e sacristia, definidos: primeiro corpo, cego com porta para interior de cantaria recta; segundo corpo sobressaído composto por janela rectangular gradeada no registo inferior e sineira de três vãos rematado por frontão contracurvado encimado por cruz de ferro sobre pedestal; terceiro corpo, o da sacristia, possui contraforte para E. e porta com acesso por três degraus para lado N.. Fachada E. corresponde ao volume do retábulo-mor e de um anexo para torre do relógio, é ladeada por cunhais e composta por 2 registos sendo o inferior caracterizado por pequena porta de acesso ao relógio, o segundo por fresta, o último por janela onde se colocou o relógio, rematado por frontão ladeado por pináculos e encimado por sineira de vão único. Interior: amplo, nave única, cobertura em masseira e em abobada para capela-mor. Lado do Evangelho e Epístola cegos tendo este uma porta em capialço de acesso ao exterior, ladeada por pilastras e socos, e sala anexa onde se encontram dois retábulos em madeira evocando cada um deles a Nossa Senhora da Consolação e o Santo António. Arco triunfal de volta perfeita em cantaria. Capela-mor composta por: frontão de altar forrado com azulejos padrão, retábulo-mor em talha dourada composto ao centro por tribuna com trono piramidal evocando Nossa Senhora da Conceição, ladeada por colunas torsas com motivos vegetalistas e pâmpano, encimado por cornija onde inicia o arco de volta perfeita encimado por grande escudo e coroa real.

Acessos

À entrada da Vila de Alcoutim, no cimo da Rua de Nossa Senhora da Conceição

Protecção

Categoria: MIP - Monumento de Interesse Público, Portaria n.º 130/2015, DR, 2.ª série, n.º 36 de 20 fevereiro 2015

Enquadramento

Urbano, orla fluvial, meia encosta, flanqueado por adro e edifícios de habitação, próximo do Castelo de Alcoutim (v. PT0802010005)

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: ermida

Utilização Actual

Cultural e recreativa: museu

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese do Algarve)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 15

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

Séc. 16, 1ª metade - construção primitiva de que subsiste o portal; séc. 18, 2ª metade - reconstrução da Ermida, construção do retábulo e escadório de acesso à fachada E.; 1995 / 1996 - obras de restauro da Ermida; 2013, 21 junho - Anúncio 223/213 de Projeto de Decisão relativo à fixação de ZEP com restrições, publicado no DR, 2.ª série, n.º 118.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Alvenaria, telha, madeira nas portas, janelas, tecto, retábulos, talha no retábulo- mor, azulejaria no frontão de altar

Bibliografia

LAMEIRA, Francisco e SANTOS, Maria Helena, Visitação de Igrejas Algarvias da Ordem de São Tiago de 1554, Faro 1988; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/155594 [consultado em 8 agosto 2016].

Documentação Gráfica

CMA

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID; CMA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

CMA: 1993 - 1994 - intervenção de recuperação e valorização para adaptação a núcleo museológico; CMA: 1995 / 1996 - restauro geral.

Observações

Autor e Data

Patrícia Viegas 2000

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login