Capela de Santo André

IPA.00008599
Portugal, Aveiro, Estarreja, Avanca
 
Capela construída no séc. 20, de planta retangular simples, de espaço único, com sacristia adossada à fachada lateral direita, com cobertura interior em masseira pintada, suficientemente iluminada por vão em forma de losango e janelas de verga recta rasgadas na fachada principal e janela em capialço confrontante, rasgada no corpo da nave. Fachada principal rasgada por portal e janelas de verga recta e por óculo em forma de losango. Fachadas pintadas, com pés direitos diferentes adaptando-se ao desnível do terreno, circunscritas por cunhais apilastrados firmados por pináculos piramidais, percorridas por embasamento e remates em cornija e beiral, as fachadas laterais semelhantes, rasgadas por janela rectangular, sendo a do lado direito irregular; face E. da sacristia rasgada por porta e face O. por janela, ambas de verga recta. Interior com coro-alto assente sobre plataforma em betão, com guarda balaustrada em madeira e acesso, por escadas pelo Evangelho. Zona do altar-mor elevada de um degrau; parede testeira rasgada por arco triunfal de volta perfeita em cantaria abrigando retábulo-mor, de finais do séc. 17, de talha maneirista seguindo o esquema da tratadística de Vignola, com fundo pintado de branco e decoração marcada a dourado, de planta recta e três eixos.
Número IPA Antigo: PT020108010056
 
Registo visualizado 487 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta retangular simples, de nave única e sacristia adossada à fachada lateral direita com cobertura diferenciada em telhados de duas águas. Fachadas rebocadas e pintadas de branco circunscritas por cunhais apilastrados em cantaria firmados por pináculos de remate piramidal, percorridas por embasamento em cantaria e remates em cornija e beiral. Fachadas rasgadas por vãos de verga recta protegidos por caixilharia de madeira e vidros. Fachada principal orientada, de remate em empena com cruz sobre soco no vértice rasgada por portal com moldura em cantaria ladeado por janelas molduradas protegidas por gradeamento em ferro, sendo encimado por vão em forma de losango, por sua vez sobrepujado por painel de azulejos. Visível, à direita, o corpo da sacristia, recuado, rasgado por porta. Fachada lateral esquerda, virada a S., rasgada por pequena janela rectangular. Fachada lateral direita, virada a N., rasgada por pequena janela situada acima da cobertura da sacristia, esta de remate em empena com cruz sobre soco no vértice, cega. Fachada posterior de remate em empena com cruz sobre soco no vértice, cega. Visível, à esquerda, volume da sacristia, rasgado por pequena janela rectangular. INTERIOR de nave única rebocado e pintado de branco, percorrido por lambril de madeira formando silhar e rodapé em cantaria, com cobertura em masseira rebocada e pintada a azul claro e pavimento em lajeado de mosaico formando composição geométrica, percorrido por alcatifa vermelha formando corredor central na nave. Coro-alto assente em plataforma de betão, com guarda balaustrada em madeira e acesso por escadas de dois lanços com guarda balaustrada idêntica, pelo Evangelho. Zona do altar-mor elevada de um degrau com pavimento coberto por alcatifa vermelha. Parede testeira rasgada por arco triunfal de volta perfeita em cantaria com fundo pintado a azul, abrigando retábulo de talha com fundo pintado de branco e decoração marcada a dourado, de planta recta e três eixos, delimitado por colunas coríntias com o terço inferior de fuste liso decorado com motivos vegetalistas e medalhões. No eixo central nicho semicircular com cobertura em abóbada decorada com motivos a dourado formando falsos caixotões, sendo ladeado e encimado por friso decorativo. Nos eixos laterais painéis com fundo a verde. Remate em friso e entablamento troncado no eixo por tabela central com painel de pintura representando a Pietà sobre fundo monocromo pintado a verde, rematada por cornija, sendo flanqueada por dois quarteirões e aletas contracurvadas com painel de pintura representando um querubim sobre fundo monocromo pintado a verde, sobrepujados por frontão interrompido. Integrando zona do sotobanco, no eixo central, surge mísula que sustenta estatuária. Uma porta de verga recta, do lado da Epístola, dá acesso à sacristia, incaracterística.

Acessos

Rua Dr. Duarte de Oliveira

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, afastado do centro da povoação mas inserido no núcleo habitacional; isolado, situado em terreno desnivelado, em recinto pavimentado com a fachada lateral esquerda virada para a via pública, sendo a fachada lateral direita ladeada por edifício de dois pisos de arquitectura vernácula. Rodeado por edifícios de um ou dois pisos alguns representando igualmente exemplares da arquitectura vernácula e outros incaracterísticos. A S. surge cruzeiro incaracterístico (séc. 20, finais, conjectural).

Descrição Complementar

AZULEJARIA: na fachada principal sobre o vão em forma de losango surge painel de azulejo de padrão policromo azul, amarelo e vermelho sobre fundo branco representando santo André, delimitado por dupla moldura, sendo a interior circunscrita por elementos vegetalistas.

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Aveiro)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17 (conjectural) / 20 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 17 - provável construção da capela e execução do retábulo-mor; séc. 20 (conjectural) - restauro da capela e construção do coro-alto.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes.

Materiais

Estrutura rebocada e pintada; principais elementos arquitectónicos em cantaria (molduras de alguns vãos, cunhais); ferro (gradeamentos); madeira (caixilharia e portas, revestimento da nave formando silhar, balaustrada do coro-alto e das escadas de acesso a este); cobertura interior pintada; coberturas exteriores em telha; azulejaria num painel aposto na fachada principal; lajeado de mosaico (pavimento da nave).

Bibliografia

GONÇALVES, A. Nogueira, Inventário Artístico de Portugal. Distrito de Aveiro. Zona do Norte, Lisboa, 1981.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Séc. 20 (conjectural) - restauro da capela e construção do coro-alto.

Observações

Autor e Data

Ana Lemos 2006

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login