Igreja Paroquial de São Roque

IPA.00008058
Portugal, Ilha da Madeira (Madeira), Funchal, São Roque
 
Igreja de transição entre o barroco e o neoclássico, de planta longitudinal e nave única, fachada principal em empena de cornija, com portal de cantaria de arco de volta perfeita, frontão curvo interrompido a enquadrar lápide evocativa da reconstrução, e encimada por janelão e as armas do império unido, com interior com retábulos de talha branca e dourada.
Número IPA Antigo: PT062203090081
 
Registo visualizado 48 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta longitudinal orientada N. / S. composta de nave única e capela-mor, com torre sineira quadrada e capela lateral adossados a O., e sacristia, serviços paroquiais e residência paroquial a E. e N. Volumes articulados com coberturas diferenciadas, de 4, 3 e 2 águas, com beirais simples e duplos de telha de canudo portuguesa, e torre de mais um piso encimada por cornija de cantaria e eirado rematado por platibanda ondulada em chapéu de cónego. Fachada principal a S. ladeada pela torre sineira a O., com embasamento em cantaria aparente e pintado a cinza nas restantes; rematada em empena aguda com cimalha de cantaria com balanço e cruz. Portal de cantaria regional com arco de volta perfeita, pilastras com capitéis e altas bases ressalvados e remate com frontão curvo interrompido a enquadrar inscrição de fundação, em cantaria do Porto Santo; encima-o janelão rematado por filete relevado, cornija de balanço e armas do império unido em cantaria do Porto Santo, ladeado por par de janelões com lintel ondulado. Torre com janelão gradeado ao nível do piso térreo e janela com arco de volta perfeita para os sinos no andar superior. Na fachada O., porta lateral de acesso à nave; sucedem-se: compartimento estreito adossado e telhado, com o acesso ao púlpito; capela do Santíssimo com empena aguda cega, encimada por cruz e janelão gradeado virado a S.; edifício de 2 pisos, com portas e janelas com molduras de cantaria, antigamente dos serviços das confrarias e hoje paroquiais. Fachada E. quase cega, com porta de acesso à nave e edifício de 2 pisos adossado; piso térreo com porta e amplos janelões gradeados, correspondentes à sacristia e andar, com residência paroquial, com acesso por balcão sobre arco abatido e 2 lanços de escadas adossadas ao muro que limita o adro a E.. No INTERIOR, coro-alto assente em 3 arcos abatidos e pilares quadrados de madeira pintados, com balaustrada de madeira e arco central ocupado por guarda-vento com bandeira envidraçada; nave lajeada em cantaria com estrado de madeira aos lados; nas paredes silhar de azulejos e pia de água benta em mármore continental à entrada; cobertura em tecto de estuque de três panos, sobre cornija de madeira pintada, com 3 painéis figurativos populares. No lado do Evangelho sucedem-se: junto à entrada, sob a torre, baptistério com vão em arco de cantaria regional, de volta perfeita vedado por porta de madeira; púlpito com baldaquino de madeira pintada; Capela do Santíssimo com arco de volta perfeita em cantaria e cornija de balanço, com altar e sacrário de talha dourada. Fronteiro, arco semelhante, quase à face da parede, com imagem sobre mísula entalhada. Arco triunfal também de volta perfeita e cornija de balanço, ladeado por 2 altares em talha lacada dedicados ao Imaculado Coração de Maria e ao Senhor Crucificado. Na capela-mor, sobre supedâneo de um degrau, altar e retábulo de talha bege e dourada com imagem do Orago frente ao camarim; tecto de perfil curvo pintado com moldura de enrolamentos de folhagens.

Acessos

Caminho da Igreja Nova e Caminho do Lombo Segundo

Protecção

Em vias de classificação

Enquadramento

Peri-urbano, isolado em amplo adro com bancos de assento de cantaria para O., empedrado a calhau rolado, murado e gradeado para S., com escada de acesso de 14 degraus enquadradas por pilastras encimadas por candeeiros; a S. confronta com miradouro ajardinado sobre a cidade e a N. e E. com a Escola Oficial.

Descrição Complementar

A Igreja apresenta um conjunto interessante de altares da mesma oficina, com pares de colunas com o terço inferior sumariamente entalhado e amplos frontões entalhados, pintados a branco e com apontamentos de folha de ouro. O altar da capela do Santíssimo enquadra sacrário profusamente entalhado e dourado, provavelmente, recuperado da anterior matriz e o retábulo-mor, o mais complexo, apresenta camarim fundo com 2 ordens de sanefas de pano e baldaquino entalhado ao fundo, enquadrando as colunas laterais falsos nichos com mísulas e baldaquinos entalhados e dourados. Em ambas as capelas as cornijas de suporte dos frontões dos altares articulam-se com a cornija das paredes laterais.

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica

Afectação

Época Construção

Séc. 18 / 19 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Engenheiro e mestre das obras reais João António Vila Vicêncio; mestre entalhador Estêvão Teixeira de Nóbrega.

Cronologia

1579, 3 Mar. - alvará régio para o bispo D. Jerónimo Barreto erigir em freguesia a ermida de São Roque, até então territorial de São Pedro, com ordenado ao 1º vigário de 14$000 réis em dinheiro, 30 alqueires de trigo e ¼ de vinho; 1581, 16 Jun. - alvará régio da mercê anual de 4$000 réis para a fábrica da Igreja; 1589, 16 Jan. - alvará régio de acrescentamento de 5$000 réis 30 alqueires de trigo e ¼ de vinho ao vigário para ter de ordenado 19$000 réis, um moio de trigo e uma pipa de vinho; 1590, 14 Mar. - alvará régio em virtude da visitação do bispo D. Luís Figueiredo de Lemos, para se fazer a sacristia e vestuário; Sécs. 16 / 17 - data provável da arca das 3 chaves da matriz; 1678, 20 Jun. - ordem do Conselho da Fazenda para se dar à igreja uma cruz de prata; 1704, 19 Mai. - ordem do Conselho da Fazenda para se arrematar a obra da nova igreja e sacristia por 795$000 réis; Séc. 17, 2ª metade - data das imagens de São Joaquim e Santana; 1712, 30 Abr. - ordem do Conselho da Fazenda para a remeça de 702$000 réis para o pagamento de ornamentos de damasco; 1788 - data do lampadário da capela do Santíssimo; 1790, inícios - abatimento do templo, iniciando-se logo a reconstrução; 30 Jul. a 1791, Set. - pagamentos ao Mestre das obras reais João António Vila Vicêncio, de 2:428$260 pela assistências às obras da nova Igreja; 1802 - data da inscrição: "Na feliz regencia do Sereníssimo Princepe D. Ioão, nosso Senhor, à custa de ssua real fazenda foi mandado leuantar este templo consagrado ao gloriozo S. Roque, debaixo da inspeção da Real Junta em o anno do Ssenhor de MDCCCII"; Séc. 19, inícios - recolha na matriz de telas e pratas do convento de São Francisco; 1896 - data da assinatura de António Bello, no "Baptismo de Cristo"; Séc. 20, inícios - pintura do tecto da capela-mor, provavelmente por António Gouveia.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes.

Materiais

Cantaria mole e rígida regional aparente, alvenaria de cantaria regional rebocada, mármore rosa continental, madeira ( carvalho e outras ), amarrações mistas de tirantes de ferro, talha dourada e pintada, pintura sobre tela, ourivesaria, azulejos, vidro e telha de meio canudo.

Bibliografia

NORONHA, Henrique Henriques de, Genealogia... Ilha da Madeira, ano de 1700, São Paulo, Brasil, 1948; Memórias Seculares e Eclesiásticas...1722, Funchal, 1997; MENESES, Sérvulo Drumond de, Uma Época Administrativa da Madeira e Porto Santo, Funchal, 1849; SILVA, Padre Fernando Augusto da, Elucidário Madeirense, 3 vols., Funchal, 1945; FERREIRA, padre Juvenal Pita, Catálogo Ilustrado de Ourivesaria Sacra, Convento de Santa Clara, Funchal, 1951; FERREIRA, Ana Paula de Sousa, A Igreja de São Roque, trabalho para a cadeira de Mestrado, Universidade da Madeira, Funchal, 2000.

Documentação Gráfica

GR; Equipamento Social; DRAC, Funchal

Documentação Fotográfica

Museu Vicentes Photographos; DRAC, Funchal

Documentação Administrativa

IAN/TT: "Junta da Antiga Provedoria da Alfândega do Funchal"; ARM; CMF; RN; GC, Funchal

Intervenção Realizada

Paróquia de São Roque: 1995 / 1996 / 1997 / 1998 - levantamento e reposição das coberturas e soalhos, repinte dos altares e do púlpito e colocação de azulejos.

Observações

Autor e Data

Rui Carita 2000

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login