Igreja Paroquial de Santa Luzia / Igreja de Santa Luzia

IPA.00000464
Portugal, Ilha da Madeira (Madeira), Funchal, Funchal (Santa Luzia)
 
Arquitectura religiosa, barroca e neobarroca. Igreja barroca de planta longitudinal e nave única, com frontispício em empena, retábulo-mor barroco e decoração interior da nave em estilo neobarroco.
Número IPA Antigo: PT062203030024
 
Registo visualizado 65 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta longitudinal composta, de uma só nave e capela-mor rectangulares, sacristia e casa paroquial adossadas a O. e E. respectivamente e torre sineira quadrada ligeiramente recuada ao frontispício. Volumes articulados com coberturas diferenciadas de duas, três, e quatro águas. Frontispício virado a S., com embasamento de cantaria e terminado em empena rematado por cruz simples sobre acrotério. Portal de cantaria de arco pleno sobre pilastras com arquitrave e prisma piramidal nos seguintes, sobreposto lateralmente por duas janelas rectangulares em cantaria com vitrais referentes ao orago. Torre rematada em pirâmide revestida de azulejos de padrão. No INTERIOR, nave percorrida de lambril de azulejos com os atributos de Santa Luzia, coro-alto suportado por colunas com a base em cantaria e fuste em escaiola onde se apoia o guarda-vento. No lado do Evangelho baptistério em arco pleno de cantaria vermelha da região, silhar de azulejos com cenas do baptismo de Cristo e pia baptismal sobre coluna assente em dois degraus de cantaria negra; capela colateral de invocação a Santa Luzia, com silhar de azulejos e onde estão expostas várias peças de imaginária; púlpito em madeira sobre mísula pintado com motivos florais e em escaiola com baldaquino rematado com folhas de acanto douradas, e tendo no tecto a representação do Espírito Santo. No lado da Epístola, cadeiral de espaldar em madeira, sob o coro, e confessionário também de madeira, no vão da porta lateral. Arco triunfal pleno arquitravado ladeado de dois retábulos em madeira policromada e dourada, o do lado do Evangelho de invocação a Nossa Senhora da Conceição, e do lado da Epístola de invocação a São Pedro. Na capela-mor silhar de azulejos com cenas alusivas à vida de Santa Luzia, um vitral representando um cálice e quadros; retábulo em talha azul e dourada com colunas ladeando nichos com imagens e camarim central com a imagem de Santa Luzia; tecto de madeira de perfil curvo pintado com vários medalhões, tendo no central o "cordeiro de Deus". Na sacristia, silhar de azulejos de figura avulsa, armário estilo flamengo, arcaz, pia de água benta em forma de concha e fonte de espaldar em basalto.

Acessos

Funchal (Santa Luzia), Rua de Santa Luzia

Protecção

Categoria: VCR - Valor Cultural Regional, Resolução do Presidente do Governo Regional n.º 1063/93, JORAM, 1.ª série, n.º 124 de 27 outubro 1993

Enquadramento

Urbano, integrado em zona residencial, sobranceiro à ribeira de Santa Luzia e à rua fronteira, da qual se separa por adro vedado.

Descrição Complementar

A mesa do altar, que assenta sobre quatro colunas e quatro meias colunas estriadas é uma única pedra de cantaria. As credências de cantaria regional assentam, cada uma sobre duas mísulas artisticamente decoradas. O Sacrário, o camarim, o órgão e a balaustrada do coro foram adquiridos do Convento de São Francisco.

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 18 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1726 - Construção da Igreja; 1740 - douramento do altar-mor; séc. 19 - ampliação do adro; 1835 - transferência do órgão, proveniente do Convento de São Francisco, executado por G.P. Landini; 1952 - colocação do lambril de azulejos da capela-mor e no fontenário; 1956 - colocação de catorze quadros em azulejo com as estações da Via Sacra, silhar de azulejos no interior, baptistério e capela de Santa Luzia, altares laterais em cantaria regional, semelhantes ao altar-mor; 1958 - colocação do embasamento de cantaria no exterior da Igreja.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes.

Materiais

Pedra da região ( basalto negro e vermelho ), azulejos, talha dourada e azul, pavimento de madeira na Igreja e laje na sacristia, cobertura de telha.

Bibliografia

Conselho Paroquial da freguesia de Santa Luzia, Tricentenário da Freguesia de Santa Luzia 1676 - 1976, Funchal, 1977; VALENÇA, Manuel, A Arte Organística em Portugal, vol. II, Braga, 1990; MATOS, Urbino José Lobo de, Inventário da Freguesia de Santa Luzia, Funchal, 1996.

Documentação Gráfica

DRAC

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

DRAC

Intervenção Realizada

1949 - reparação da casa paroquial, 1950 - reparação do soalho da Igreja e do coro, reparação do órgão; 1952 - altar e credências de cantaria regional, reparação do camarim e fontenário da sacristia.

Observações

Autor e Data

Dina Jardim e Eduarda Gomes 1999

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login