Casa na Rua Norton de Matos, n.º 57, e as suas Fontes / Casa dos Calistos / Casa das Pachecas

IPA.00000421
Portugal, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Arca e Ponte de Lima
 
Arquitectura residencial, barroca. Casa nobre barroca, de carácter arcaizante e local. O frontespício, de linhas sóbrias e formando ângulo suave, é regularmente fenestrado, surgindo a pedra de armas precisamente nesse ângulo; e tendo escadaria de acesso ao andar nobre a desenvolvida interiormente. Jardim, geometricamente organizado, com espaços de lazer e descanso, e de aproveitamento agrícola, com fontes barrocas de espaldar. Boa manutenção dos encanamentos de água a céu aberto, contemporâneos das fontes, e que a estas forneciam água desde a mina da Quinta da Mó. Fontes decorativamente mais ou menos exuberantes. Uma delas é datada, outra, a maior e mais rica, implantada no centro do jardim, tem nicho e pedra de armas e a 3ª, a mais simples e arcaizante, é protegida por alpendre sobre colunas.
Número IPA Antigo: PT011607350043
 
Registo visualizado 173 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial senhorial  Casa nobre  Casa nobre  

Descrição

Casa de planta irregular formando gaveto composta por vários corpos, com alçados de 2 / 3 pisos, de volumes articulados e coberturas diferenciadas a 4 águas e águas furtadas. Frontespício de 2 pisos, com pilastras nos cunhais sobrepujadas por gárgulas de canhão sobre a alta cornija. No 1º com alto embasamento marcado, rasgam-se 3 portas de verga recta, de larguras desiguais, e 1 janela de guilhotina gradeada. No 2º, em cada face, janela de sacada com balaústres de cantaria ladeada por 2 janelas de guilhotina moldurada; no ângulo de ligação, pedra de armas, esquartelada, com decoração envolvente e elmo como timbre. Num plano mais recuado é visível o 3º piso da fachada posterior, rasgado por janelas de guilhotina e águas furtadas. No átrio de entrada, desenvolve-se escada com lambril inferior recortado e coluna estriada sobre volutão apoiando travejamento do 2º piso. Quinta com jardins de buxos, exploração agrícola e árvores de fruto, vedada por muro alto que num dos cunhais posteriores tem mirante. Nela se distribuem 3 fontes com água fornecida por encanamentos a céu aberto, ao nível do solo ou apoiadas em pedras. Tem ainda espaço central com mesa e bancos de pedra. Uma das fontes adossa-se a 1 muro junto à fachada posterior. É de espaldar decorado por enrolamentos, com bica em torneira e concha, ladeado por pilastras, com folhas e volutas, suportando frontão interrompido com folhagem, volutas e cartela com inscrição "1764. Fonte que ao povo (...) António de Oliveira Rego só enquanto ele e seus herdeiros quiserem". Coroa-o cruz sobre "mundo". Ao lado uma outra com espaldar recortado, bica concheada envolvida por 2 volutas, rematado em frontão triangular e com tanque quadrado. A 2ª fonte é enquadrada por murete com bancos de pedra. Tem espaldas organizado em 3 níveis divididos por frisos e com volutas invertidas laterais, tendo no 1º bica envolvida por vegetação e concha, no 2º nicho com imagem de resplendor, no 3º pedra de armas encimada por coroa; a 3ª fonte é também de espaldar, ladeado por pilastras apoiando frontão triangular, volutas invertidas, bica em carranca encimada por concha e tanque rectangular. É coberta por alpendre quadrangular com cobertura de telha a 4 águas apoiado em colunas jónicas.

Acessos

Ponte de Lima, Rua Norton de Matos, nº 55 - 57, Rua da Lapa, nº 1. VWGS84 (graus decimais) lat.: 41,764773; long.: -8,583656

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 45/93, DR, 1.ª série-B, n.º 280 de 30 novembro 1993

Enquadramento

Urbano, adossada, implantação harmónica. Ergue-se de gaveto junto à estrada, na malha urbana fora da antiga muralha que protegia a vila, tendo adossado de 1 dos lados construção também de 2 pisos e no outro alto muro vedando quinta.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa nobre

Utilização Actual

Residencial: casa

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 18 - Data da sua construção; mais tarde António de Oliveira Rego compra a casa aos netos de Gervásio Álvares da Rocha; 1764 - data da fonte junto à fachada posterior; 1767 - medição da casa; 1777 - brasão; durante o reinado de D. José, fizeram-se os tectos de castanho no interior séc. 20, 1ª metade - os pais da actual proprietária compram-na e deslocam a fonte datada de 1764 do muro virado para o exterior para dentro da quinta.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Granito, madeira.

Bibliografia

ALMEIDA, José António Ferreira de Tesouros Artísticos de Portugal, Porto, 1988.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

DGEMN: DSID

Intervenção Realizada

Observações

Durante a construção do bairro moderno por detrás da quinta, a proprietária mandou proceder ao levantamento o do troço de encanamentos que por ali passava, mantendo-o actualmente na quinta. A proprietária conserva ainda em seu poder o tombo da casa.

Autor e Data

Paula Noé 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login