Ermida de Nossa Senhora de Lourdes

IPA.00035078
Portugal, Ilha de Santa Maria (Açores), Vila do Porto, Santa Bárbara
 
Capela construída no séc. 19, constituindo o primeiro templo erguido nos Açores em honra de Nossa Senhora de Lourdes, com planta retangular simples, interiormente de espaço único, com iluminação axial e unilateral e cobertura de madeira. A fachada principal termina em empena, com cunhais de cantaria, e é rasgada por portal de arco apontado entre duas janelas iguais, todos com molduras em feixes de colunelos, contrastando com os dos vãos das fachadas laterais, que são apenas boleadas. As fachadas laterais são rasgadas por janela de arco apontado na zona do retábulo-mor e a posterior, cega, termina em empena. No interior possui púlpito no lado do Evangelho e a parede testeira parcialmente revestida a alvenaria de pedra, imitando gruta, com representação da Aparição de Nossa Senhora de Lourdes. Uma fotografia antiga da ermida documenta a frontaria com um friso horizontal, formando um falso frontão, e sem o óculo rasgado e a lateral esquerda ainda sem a sacristia e rasgada por uma janela de perfil retilíneo ou abatido. Apesar de ser mais recente, procurou-se dotar a sacristia com vão semelhante aos da frontaria, ainda que de modinatura plana.
 
Registo visualizado 405 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta retangular simples, tendo adossado à fachada lateral esquerda sacristia retangular. Volumes escalonados com coberturas em telhados de duas águas na capela e de uma na sacristia, em telha de meia-cana tradicional, rematadas em beirada dupla. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, a principal virada a N., com embasamento de cantaria, cunhais com feixes de colunelos, sobre bases cilíndricas, e terminada em empena, com cornija, coroada por cruz de Cristo e, lateralmente, por pináculos piramidais sobre plintos cilíndricos. É rasgada por portal e duas janelas laterais em arco apontado, com bandeira envidraçada de vidrinhos, e encimado por óculo circular, todos com molduras em feixes de colunelos. Na fachada lateral esquerda a sacristia é rasgada a N. por portal em arco apontado, contendo bandeira de vidrinhos, e na oposta rasga-se fresta, também em arco apontado e moldura boleada, com vitral policromo, representando a imagem da Virgem. Fachada posterior cega, com a capela terminada em empena e a sacristia em meia empena. INTERIOR de espaço único, com as paredes rebocadas e pintadas de branco, pavimento em lajes de cantaria e teto de madeira, de dois panos. No lado do Evangelho surge púlpito com bacia de cantaria sobre mísula, com guarda em balaústres de madeira torneada, acedido por escada de madeira. Na parede testeira abre-se amplo vão em arco de volta perfeita, o qual juntamente com zona envolvente e prolongando-se lateralmente para o enxalço da janela, é revestido a alvenaria de pedra vermelha, imitando gruta. Interiormente, o arco apresenta dois registos, o inferior ligeiramente avançado, com dois vãos retilíneos, criando mísulas ao nível do segundo registo, que é mais recuado, e sobre as quais se dispõem as imagens de Nossa Senhora de Lourdes (Epístola), à frente de um nicho côncavo, e a de Bernardete Soubirous (Evangelho); superiormente, surgem várias pombas brancas afixadas. No lado do Evangelho rasga-se porta de verga reta simples, de acesso à sacristia.

Acessos

Santa Bárbara; Lugar do Norte. WGS84 (graus décimais) lat.: 37,003090; long.: -25,065500

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Rural, isolado. Localiza-se a nordeste da ilha de Santa Maria, em local sobrelevado à envolvente, inserido em adro retangular, vedado por muro rebocado e caiado, e com pavimentado a cimento, acedido posteriormente por escada. Junto à fachada posterior ergue-se o Império do Espírito Santo, com frontaria fechada e virada a N., acedida pelo adro, e a copeira, virada a E., já fora do adro.

Descrição Complementar

Sobre a estrutura tipo gruta existe cartela recortada inscrita com a data de "1893".

Utilização Inicial

Religiosa: ermida

Utilização Actual

Religiosa: ermida

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Angra)

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 19 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1858 - data da aparição de Nossa Senhora de Lourdes a Bernardete Soubirous, em França; 1893 - data inscrita na cartela no interior da capela, provavelmente assinalando a sua construção; séc. 20 - construção da sacristia.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura de alvenaria de pedra, rebocada e caiada; soco, pilastras, cornijas, molduras dos vãos, pináculos, cruz e bacia do púlpito em cantaria vermelha; pavimento de cantaria; teto de madeira; cobertura em telha de meia-cana tradicional.

Bibliografia

CARVALHO, Manuel Chaves - Igrejas e Ermidas de Santa Maria, em Verso. Vila do Porto: Câmara Municipal de Vila do Porto, 2001; MONTEREY, Guido de - Santa Maria e São Miguel (Açores): as duas ilhas do oriente. Porto: Edição do Autor, 1981; Ermida de Nossa Senhora de Lurdes, (http://www.inventario.iacultura.pt/smaria/vilaporto_fichas/11_57_73.html), [consultado em 20-12-2013].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU / SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Bruna Valério e Paula Noé 2013 (no âmbito da parceria IHRU / Diocese de Angra)

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login