Casa da Quinta da Granja

IPA.00003410
Portugal, Santarém, Tomar, União das freguesias de Além da Ribeira e Pedreira
 
Arquitectura residencial e agrícola, maneirista. Habitação monacal com características rurais.Construções agrícolas anexas: pombal, nora e lagar de azeite. Funcionava como casa de lazer e repouso dos freires da Ordem de Cristo.
Número IPA Antigo: PT031418100029
 
Registo visualizado 250 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial coletivo  Residência religiosa    

Descrição

Planta composta por 2 corpos de diferentes épocas, de planta rectangular, separados por cunhais, com remates piramidais. Volumes articulados com cobertura em telhado único de4 águas. O corpo mais antigo, do lado E., mostra 2 registos separados por moldura em cantaria, com marcações verticais nos 2 extremos, definidas por pilastras com remates, na fachada S.. A fachada E com um 1º registo cego, contrafortado por 2 muros com volutas, um 2º registo rasgado por logia com balaustrada, com arcadas duplas nos 2 corpos laterais, rodeando uma janela serliana no corpo central, encimado por 3º registo com janela de balaústres, ladeado por volutas e coroado por vieira. Interiormente a um 1º piso destinado a funções agrícolas sobrepõe-se a área residencial, com um corredor largo virado para a fachada S. por 8 janelas, para o qual se abrem 8 celas, comunicando com as salas do lado N. através da varanda. Do lado N. uma divisão rectangular, a antiga capela, com acesso directo pela escada principal.

Acessos

EM. 526, Km 2,750, Est. do Prado, a c. 4 Km. de Tomar

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 2/96, DR, 1.ª série-B, n.º 5 de 06 março 1996

Enquadramento

Rural. Edificada sobre um morro sobranceiro à várzea onde corre o Rio Nabão. A nora e o pombal situam-se nas suas imediações, o lagar está implantado na várzea, junto à Est. do Prado.

Descrição Complementar

Dependências rurais - do lado S. do edifício da Quinta da Granja ergue-se o POMBAL, de planta circular, rematado por cúpula e rasgado por 2 vãos rectangulares de moldura lisa. A NORA assenta numa plataforma elevada, com contrafortes laterais. O LAGAR de azeite, a E. do edifício da Quinta, está praticamente destruído, já sem cobertura e com paredes a ameaçar ruína; do equipamento resta apenas um moinho de galgas com 2 mós verticais.

Utilização Inicial

Residencial: residência religiosa

Utilização Actual

Residencial: casa

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16 / 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

1531 - doação à Ordem de Cristo da Quinta da Granja; 1531 - 1543 Frei António de Lisboa, prior do convento de Tomar, por escambos e compras acrescenta o património fundiário da Quinta, mandando construir "um assento de casas com oratório" (Anais, p. 241 / 242, Tomar, 1971); 1617 - 1626 reconstrução do edifício, durante o priorado de Frei António Moniz. (Jana, p. 416); séc. 18 - acrescento do corpo do lado O.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Alvenaria, cantaria, tijolo, betão armado, telha cerâmica.

Bibliografia

Anais do Município de Tomar, vol. VII, 1454 - 1580, Tomar, 1971; SALEMA, Vasco da Costa, Os azulejos e a Capela da Casa da Granja, in, Boletim Cultural e Informativo, Tomar, nº 11 / 12, Tomar, 1989; JANA, Ernesto, O convento de Cristo em Tomar e as obras durante o período filipino, tese policopiada, Fac. Letras, Lisboa, 1991.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHEU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1989 - obras de conservação no edifício residencial: construção de uma estrutura metálica coberta a fibrocimento, sobre a qual assenta a telha em canudo; obras de adaptação a habitação.

Observações

*1 - Casa da Quinta da Granja, incluíndo pombal, nora, lagar, e restantes anexos edificados.

Autor e Data

Isabel Mendonça 1991

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login