Capela de Pedras Salgadas / Capela de São Martinho

IPA.00033767
Portugal, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar, Bornes de Aguiar
 
Arquitetura religiosa, do séc. 20. Capela de planta retangular composta, interiormente com iluminação axial e bilateral, provavelmente construída na centúria de oitocentos e reformada em meados do séc. 20. Fachada principal terminada em empena truncada por sineira.
Número IPA Antigo: PT011713030099
 
Registo visualizado 343 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta retangular composta por nave única e capela-mor, mais baixa e estreita, tendo adossado à fachada lateral direita sacristia, retangular. Volumes escalonados com coberturas diferenciadas em telhados de duas águas na capela e de uma na sacristia, rematadas em beirada simples. Fachadas em alvenaria de pedra aparente, exceto a capela-mor que é rebocada e pintada de branco e tem alto silhar de cantaria, terminadas em cornija, de cantaria na nave e em betão na capela-mor e sacristia. Fachada principal virada a NO. terminada em empena truncada por sineira, em arco de volta perfeita sobre pilares, rematada em empena coroada por cruz de cantaria. Sob a sineira forma-se pano central sensivelmente avançado, rasgado por portal de verga reta sobre pés direitos de terço superior boleado, encimado por bandeira vazada, em arco de volta perfeita, de uma arquivolta e com fecho saliente, sobreposto por óculo de moldura boleada. Lateralmente abrem-se pequeno vão quadrangular encimado por fresta de fecho saliente, ambos com molduras boleadas. Todos os vãos possuem vidros martelados policromos, formando motivos vegetalistas. Fachadas laterais da nave rasgadas por duas frestas e, na lateral esquerda, por porta travessa de verga reta, encimada por bandeira vazada, e, na oposta, por fresta central mais larga; todos os vãos têm molduras boleadas e vidros martelados policromos formando motivos eucarísticos; na capela-mor, abre-se na lateral esquerda porta de verga reta e janela retilínea, ambos sem moldura; na lateral direita, dispõe-se a sacristia rasgada a NO. por portal de verga reta, protegido por alpendre, assente num pilar, e, lateralmente, por vão jacente e fresta; na capela-mor, abre-se ainda janela sem moldura. Fachada posterior da nave coroada por cruz latina e a capela-mor, cega, terminada em empena.

Acessos

Rua de São Martinho

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, isolado, no interior da povoação, junto a uma das vias, envolvido por vegetação. Implanta-se numa plataforma artificial, formando adro, vedado por muro e acedido por escada disposta frontalmente, sendo envolvido por passadiço pavimentado a lajes de cantaria. Adapta-se ao declive do terreno e junto às fachadas laterais, a nave possui canteiros de flores.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Vila Real)

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 19 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 19 - época provável da construção da capela; séc. 20 - reforma e ampliação da capela; 1970 - data da cortina da porta com imagem de Nossa Senora dos Anjos.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura em alvenaria de granito aparente ou rebocada e pintada; placa e cornijas de betão; sineira, pináculos e cruzes em cantaria de granito; portas de madeira; vidros martelados policromos; cobertura de telha.

Bibliografia

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO

Autor e Data

Paula Noé 2012

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login