Chafariz da Rua Nova

IPA.00003296
Portugal, Leiria, Caldas da Rainha, União das freguesias de Caldas da Rainha - Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório
 
Chafariz barroco, de espaldar, corpo único, rectilíneo. Ornatos de cariz barroco. A estrela em que se insere a bica representa emblematicamente uma das 7 plêiades da constelação do Touro, as filhas de Apolo da Mitologia, estando as outras representadas nos outros dois chafarizes das Caldas e que foram construídos dentro do mesmo plano de abastecimento de água à povoação.
Número IPA Antigo: PT031006030006
 
Registo visualizado 462 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Hidráulica de elevação, extração e distribuição  Chafariz / Fonte  Chafariz / Fonte  Tipo espaldar

Descrição

Planta retangular. Corpo único, rectangular, encimado por entablamento, sobre o qual assentam restos de um primitivo frontão triangular. Quebra lateral do entablamento e corpo principal. Acima da bica única, com torneira de pressão acoplada, inserida numa estrela em relevo, uma fita esvoaçante com borlas nas pontas e uma inscrição em latim, significando "E esta a segunda plêiade"; por cima a data de 1749. Uma bacia oval adossa-se ao embasamento do chafariz; no suporte da bacia, a datade 1910. Dos lados do chafariz um banco de pedra, de um lado, dois tanques seguidos, do outro, possivelmente um tanque de lavagem e um bebedouro para animais.

Acessos

Largo de D. Manuel I

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 28/82, DR, 1.ª série, n.º 47 de 26 fevereiro 1982

Enquadramento

Urbano. Adossado ao muro que delimita o largo em frente à fachada lateral do Hospital termal.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Hidráulica: chafariz

Utilização Actual

Hidráulica: chafariz

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1748, 01 setembro - início do plano de abastecimento de água à povoação; 1749 - data de construção, de acordo com inscrição, com água captada no Vale da Delgada; em conjunto com a Fonte das Cinco Bicas e a Fonte da Rua Nova; 1751, 31 janeiro - termina o plano de abastecimento de água à povoação.

Dados Técnicos

Sistema estrutural autónomo.

Materiais

Cantaria e bronze (bica).

Bibliografia

CARVALHO, Augusto da Silva, Memórias das Caldas da Raínha, Lisboa, 1932; COUTO, Matilde Tomás do, Os Chafarizes das Caldas, in Notícias das Caldas; SEQUEIRA, Gustavo de Matos, Inventário Artístico de Portugal, vol. V, Lisboa, 1955.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Isabel Mendonça 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login