Império do Espírito Santo das Fontinhas e Despensa / Império de Santa Rita

IPA.00032933
Portugal, Ilha Terceira (Açores), Praia da Vitória, Fontinhas
 
Império oitocentista de planta retangular, interiormente de espaço único, construído sobre soco e tendo despensa adossada. Apresenta as fachadas percorridas por embasamento e com pilastras boleadas nos cunhais, coroadas por pináculos; a principal remata em frontão polilobado sobreposto pela Coroa do Espírito Santo, e é estruturada e seccionada por três eixos de vãos, correspondendo a porta entre janelas, sendo os elementos estruturais e decorativos em cantaria. A fachada lateral esquerda é também estrutura por vãos semelhantes, mas em número de dois. Possui adossado a despensa, de planta retangular e fachada principal larga, evoluindo num piso, terminada em cornija e rasgada por porta entre janelas, com arcos apontados.
Número IPA Antigo: PT071905050027
 
Registo visualizado 1455 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Império    

Descrição

IMPÉRIO de planta retangular simples, de cobertura homogénea em telhados de duas águas, rematada em beirada simples. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, com pilastras boleadas nos cunhais, coroadas por pináculos piramidais sobre plintos, percorridas por embasamento, e com frisos, cornijas, molduras dos vãos e elementos decorativos em cantaria. Fachada principal virada a N. terminada em frontão polilobado, coroado por coroa do Espírito Santo sobre plinto, tendo o tímpano decorado por cartela oval inscrita com a data de 1888 e cartela circular com pomba do Espírito Santo afixada. É rasgada por três vãos em arco polilobado, percorridos por múltiplos frisos, assentes em grossos colunelos, sobre plintos curvos, correspondendo a porta entre duas janelas de peitoril, todos com bandeiras, e as janelas com guarda de peito em ferro fundido ornado de motivos vegetalistas. Sobre os vãos e sob a cornija do frontão do remate existe uma outra cornija, ao longo da fachada e que se prolonga para as laterais. Fachada lateral esquerda terminada em cornija e rasgada num esquema semelhante ao da frontaria, mas apenas com duas janelas, sobre colunelos assentes em plintos curvos e com guarda de peito. À fachada lateral direita adossa-se o edifício da DESPENSA, de planta retangular, massa simples e cobertura homogénea em telhado de duas águas. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, a principal com pilastras boleadas nos cunhais, assentes em altos plintos curvos e terminada em cornija. É rasgada por portal em arco apontado entre duas janelas de peitoril com o mesmo perfil e com as molduras formando falsos brincos retos. Fachada lateral direita terminada em empena.

Acessos

Fontinhas, Ribeira do Marquês; Estrada Corrente

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, adossado, adaptado ao declive do terreno, disposto junto à via pública, numa zona onde faz curva. O império e a despensa, adossada à direita, possuem longo balcão frontal, sobrelevado e ocupando o espaço do passeio, precedido por escada e com guarda em ferro. À fachada lateral esquerda do império adossa-se, numa cota inferior, corpo retangular em cantaria aparente, com sanitários públicos. Junto à fachada posterior, existem construções em ruínas.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: império do Divino Espírito Santo

Utilização Actual

Religiosa: império do Divino Espírito Santo

Propriedade

Privada: Irmandade

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1888 - data inscrita no tímpano assinalando a construção do império; 1980, década - depois desta data procede-se à alteração do remate da despensa, que deixou de terminar em terraço protegido por guarda decorada para terminar em cornija e receber cobertura em telhado de telha..

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura rebocada e pintada; embasamento, frisos, cornijas, molduras dos vãos e elementos decorativos em cantaria basáltica; portas e caixilharia de alumínio; vidros simples; guardas em ferro; placa de betão armado; algerozes metálicos; cobertura de telha.

Bibliografia

CAMPOS, João dos Santos de Sousa - Para uma explicação da arquitectura dos Impérios do Espírito Santo. Porto: s.n., 2002. Dissertação de Mestrado em Relações Internacionais, apresentada à Universidade Aberta, texto policopiado; LOPES, Tenente-coronel Frederico, Memória sobre as Festas do Espírito Santo na ilha Terceira dos Açores, Sep. do vol. 15 do Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira, Angra do Heroísmo, Tipografia Andrade, s.d.; TOSTÕES, Ana, CALDAS, João Vieira, Arquitetura Popular dos Açores. s.l.: Ordem dos Arquitectos, 2000; http://www.inventario.iacultura.pt/terceira/praiavitoria, janeiro 2012; Ficha 67/Terceira do "Arquivo da Arquitectura Popular dos Açores"; Ficha G-1 do "Inventário do Património Histórico e Religioso para o Plano Director Municipal da Praia da Vitória".

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Proprietário: 1999, depois - construção dos sanitários junto à fachada lateral esquerda e alteração do remate do edifício da despensa, que até ali tinha sobre a cornija uma platibanda plena, ornada com motivos fitomórficos, ritmada por plintos sustentando guarda em ferro.

Observações

EM ESTUDO

Autor e Data

Paula Noé 2012

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login