Capela de Nossa Senhora da Oliveira / Igreja Paroquial de Fajã de Cima / Igreja de Nossa Senhora da Oliveira

IPA.00032612
Portugal, Ilha de São Miguel (Açores), Ponta Delgada, Fajã de Cima
 
Arquitetura religiosa, oitocentista. Igreja paroquial revivalista neogótica, de planta poligonal composta por nave, capela-mor e corpos adossados simetricamente, iluminada uniforme e intensamente por janelas rasgadas nas fachadas laterais. Fachada principal rematada em empena, tripartida e com dois registos, o inferior saliente e seccionado por pilastras toscanas e friso, sobrepujado por imaginária, rasgado por portal axial e janelas em arcos apontados, surgindo, superiormente, janelas retilíneas com frontões triangulares, encimados por óculo. Fachadas rematadas em cornijas, rasgadas por portas travessas em arcos apontados.
Número IPA Antigo: PT072103060074
 
Registo visualizado 434 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta poligonal composta por nave, capela-mor e anexos adossados às fachadas laterais, de volumes articulados e escalonados com coberturas diferenciadas em telhados de uma e duas águas, rematados em beiradas duplas. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, percorridas por socos de cantaria e rematadas em cornijas de cantaria. Fachada principal virada a SE., rematada em empena encimada por sineira facetada e remate em coruchéu piramidal com pináculo de bola e cruz latina no vértice, rasgada por quatro ventanas de volta perfeita, assentes em impostas salientes. Tem cunhais apilastrados, e três panos definidos por pilastras, todas assentes em plintos paralelepipédicos e com fustes almofadados e cindidos por anel, que prolonga um friso que sublinha os vãos; sobre as pilastras, surgem os quatro Evangelistas, de vulto, com São Lucas e São Marcos, no lado esquerdo, com São Mateus e São João Evangelista, no lado oposto. O pano central é rasgado por portal em arco apontado, protegido por duas folhas de madeira almofadada e bandeira, sobrepujado por inscrição. Os panos laterais possuem janelas de peitoril em arco apontado e com molduras simples. Sobre as pilastras corre um friso de losangos, sobre o qual evolui o registo superior, com a zona central rasgada por duas janelas flanqueadas por pilastras de fustes almofadados e rematadas em frisos e cornijas, sobrepujadas por óculo circular, com moldura em forma de pétalas de flor, inscritas em círculo. Lateralmente, dois panos salientes e rematados em empenas, contendo três arcos apontados e geminados, assentes em pilastras, que enquadram seis registos de azulejo figurativo, a azul e branco, os do lado esquerdo representando uma Sagrada Família e os do lado direito as Três Virtudes Cardeais (Fé, Esperança e Caridade). As fachadas laterais sãos semelhantes, cada uma delas rasgada por porta travessa e seis janelas, todas com arcos apontados, molduras simples e salientes na zona superior, surgindo mais duas no corpo da capela-mor. O corpo adossado tem três janelas retilíneas e porta na face SE., inscrita em pano de muro mais elevado, que se prolonga e adossa ao corpo da nave, formando um L, em arco apontado e semelhante às anteriores.

Acessos

Ilha de São Miguel, Rua da Igreja. WGS84 (graus decimais) lat.: 37,768951; long.:-25,660304

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, isolado, implantado num pequeno largo que abre para uma das principais vias públicas que atravessam a povoação de N. para S.. Encontra-se em zona de pequeno declive, assente em plataforma artificial que cria um pequeno adro fechado por muros em alvenaria rebocada e pintada de branco, encimados por acrotérios de cantaria, ornados por folhagem, e percorridas por socos do mesmo material. O adro, pavimentado a lajeado de cantaria, tem acesso frontal, por escadas, flanqueadas pelo muro do adro, a que se adossa corrimão metálico e por pequena rampa junto à fachada lateral esquerda. O espaço está pontuado por pequenas floreiras. Junto às escadas de acesso ao templo, o passeio público está pavimentado a calçada, com as iniciais "N.S.O. / 1979", envolvidas por ramos de oliveira.

Descrição Complementar

Sobre o portal axial, a inscrição pintada a negro: "NOSSA SENHORA / DA OLIVEIRA / 1870".

Utilização Inicial

Religiosa: ermida

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Angra)

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 18 / 19

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITETO: António Luís Duarte (1856). PROJETISTA: Ricardo Júlio Ferraz (1856).

Cronologia

1726, 23 fevereiro - data de licença de construção de uma ermida, sob a invocação de Nossa Senhora da Oliveira; 1743, 02 fevereiro - o novo cura toma posse; 1746, 02 fevereiro - confirmação do novo cura; 1856 - início de construção da atual igreja, sob a mesma invocação da ermida, conforme plantas desenhadas por Ricardo Júlio Ferraz e pelo arquiteto António Luís Duarte; foi construída em terreno oferecido por Manuel Inácio Silveira, mais tarde Barão de Nossa Senhora da Oliveira; 1870 - bênção da igreja; 2003 - abertura da Igreja ao público depois de dois anos encerrada para obras.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura em alvenaria de pedra, rebocada e pintada; socos, cunhais, pilastras, acrotérios, moldinaturas, degraus em cantaria de basalto; portas de madeira; coberturas exteriores em telha cerâmica.

Bibliografia

COSTA, Carreiro da - «História das Igrejas e Ermidas dos Açores». Jornal Açores. Ponta Delgada: 1955; MENDES, Hélder Fonseca (dir.) - Igrejas paroquiais dos Açores. Angra do Heroísmo: Boletim Eclesiástico dos Açores, 2011; http://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_de_Nossa_Senhora_da_Oliveira_(Fajã_de_Cima), [consultado em outubro 2011].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

PROPRIETÁRIO: 2001 / 2002 / 2003 - obras de consolidação, reforço estrutural e de restauro.

Observações

EM ESTUDO.

Autor e Data

Ana Fernandes, Bruna Valério e Paula Figueiredo 2013 (no âmbito da parceria IHRU / Diocese de Angra)

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login