Teatro Casa da Comédia

IPA.00003148
Portugal, Lisboa, Lisboa, Estrela
 
Arquitectura comercial e arquitectura de armazenamento.
Número IPA Antigo: PT031106260174
 
Registo visualizado 92 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Armazenamento e logística  Adega    

Descrição

Edifício de planta rectangular coberto por telhado a 2 águas (sala de espectáculos), ao qual se apõe um corpo avançado apenas de piso térreo e com cobertura plana (bilheteira, foyer e bar). Ao interior acede-se por uma vulgar porta de feição oitocentista - em arco recto com 2 folhas de madeira e ferro fundido. No exterior destaca-se ainda uma escultura metálica, aplicada no remate curvo do piso térreo, alusiva a Fernando Amado (1889 - 1968).

Acessos

Rua de São Francisco de Borja, n.º 24

Protecção

Incluído na Zona Especial de Proteção conjunta do Museu Nacional de Arte Antiga *1

Enquadramento

Urbano, destacado, adossado

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Armazenamento e logística: adega

Utilização Actual

Cultural e recreativa: teatro

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Época Construção

Séc. 19 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1928 - sendo proprietário Joaquim José de Lima, o edifício funciona como carvoaria / armazém e venda de vinhos; década de 50, 2.ª metade - sendo proprietário António Pais Mascarenhas, o imóvel é arrendado ao Clube de Teatro Casa da Comédia; 1980 - Despacho, de 20 Março, do Secretário de estado da Cultura que aprovou o estabelecimento da Zona Especial de Protecção conjunta do Museu Nacional de Arte Antiga e imóveis classificados no seu perímetro; 1981, 06 janeiro - proposta de classificação pelo Teatro Casa da Comédia; 1983, 21 janeiro - parecer da Assessoria Técnica do IPPC a propor a classificação como Valor Concelhio; 04 fevereiro - Despacho de concordância do Secretário de Estado da Cultura; 1984, 14 dezembro - Despacho de homologação do Ministro da Cultura para classifica ro edifício como Valor Concelhio; 1993, 30 novembro - classificação do edifício como Valor Concelhio, publicado em Decreto n.º 45/93, DR, 1.ª série-B, n.º 280; 1998, 10 agosto - publicação da Zona Especial de Proteção, em Portaria n.º 512/98, DR, 1.ª Série-B, n.º 183; 2011, 31 maio - Despacho da Vereadora doo Pelouro da Cultura e Turismo da CMLisboa a determinar a abertura do procedimento de desclassificação, por se tratar de edifício de construção simples; 2012, 12 janeiro - publicação do edital de desclassificação em Edital n.º 1/2012 da CÂmara Municipal de Lisboa.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Alvenaria mista, cantaria de calcário, reboco pintado, madeira, ferro fundido

Bibliografia

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

CML: Arquivo de Obras, Pº Nº 15.682; IGESPAR: IPPAR, Pº Nº 82/3 (7)

Intervenção Realizada

1928 - obras de manutenção geral; 1929 - obras de pavimentação, construção de divisórias interiores, forro do tecto; 1936 - cobertura de um corredor lateral do lado E., construção de um pilar de apoio às asnas da cobertura; 1947 - reparação de pavimentos e paredes; 1951 - obras de manutenção geral; 1959 - reparação de algerozes e tubos de queda; 1981 - obras clandestinas de remodelação do interior do teatro; 1986 / 1987 - obras de ampliação sobre a via pública

Observações

Zona Especial de Proteção conjunta aos imóveis: Museu Nacional de Arte Antiga, Igreja de São Francisco de Paula, Túmulo da rainha D. Maria Vitória, Palácio do conde de Óbidos, Chafariz das Janelas Verdes, Teatro da Casa da Comédia, Edifício da rua das Janelas Verdes n.º 78 - 78, Cinema Cinearte, Chafariz da Esperança, Convento das Trinas, Casa de António Sérgio, Palacete do viscondes e condes dos Olivais e da Penha Longa, Troço do do Aqueduto das Águas Livres, Abadia de Nossa Senhora da Nazaré do Mocambo.

Autor e Data

Teresa Vale e Carlos Gomes 1994

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login