Núcleo urbano da vila da Madalena

IPA.00027994
Portugal, Ilha do Pico (Açores), Madalena, Madalena
 
Núcleo urbano sede municipal (região autónoma). Vila situada em costa marítima. Vila moderna de jurisdição régia (capitania-donataria).
Número IPA Antigo: PT072005040004
 
Registo visualizado 383 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto urbano  Aglomerado urbano  Vila  Vila moderna  Vila moderna  Régia (D. João V)

Descrição

Acessos

Ilha do Pico. Porto da Madalena, ER1-2A, ER3-2A (estrada longitudinal)

Protecção

Parcialmente incluído na Paisagem protegida de interesse regional da cultura da vinha da ilha do Pico (v. PT072004010008)

Enquadramento

Implantado em costa marítima, na unidade de paisagem da Encosta Madalena / Pico. A vila da Madalena situa-se no extremo O. da ilha do Pico (pertencente grupo central do arquípelago dos Açores), distando da cidade da Horta, localizada na ilha Faial, apenas 7,5 km. O núcleo urbano situa-se numa pequena enseada, onde foi construído o porto, crescendo junto às arribas e para o interior, ao longo dos eixos viários. A envolvente é marcada por grandes áreas agrícolas, onde se destaca a cultura da vinha. No canal, a cerca de 1,5 km a NO., localiza-se o Sítio de Importância Comunitária dos ilhéus da Madalena (Rede Natura 2000). O concelho da Madalena é composto por seis freguesias: Bandeiras, Candelária, Criação Velha, Madalena, São Caetano e São Mateus, e limitado a E. pelos concelhos de São Roque do Pico e de Lajes do Pico.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Não aplicável

Afectação

Não aplicável

Época Construção

Séc. 16 / 18 / 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1439, 2 julho - carta régia do infante D. Pedro, regente de D. Afonso V, referindo que o infante D. Henrique já mandara "lançar ovelhas" nas 7 ilhas dos Açores (o Corvo e as Flores foram reconhecidas só em 1452); 1460 - início do povoamento da ilha, mas o primeiro donatário, Álvaro de Ornelas, não chega a tomar posse efectiva; 1466 - doação das capitanias do Faial e do Pico a Josse Van Huertere (Joz de Utra), que trouxe consigo vários flamengos; 1723, 8 março - elevação da freguesia da Madalena a sede de concelho por carta régia de D. João V, sendo a terceira vila da ilha, a par com as lajes do Pico (1501) e São Roque do Pico (1540); 2004 - classificação pela UNESCO da Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico como Património da Humanidade.

Dados Técnicos

Não aplicável

Materiais

Não aplicável

Bibliografia

AA.VV., Livro das paisagens dos Açores, Contributos para a identificação e caracterização das paisagens dos Açores, Ponta Delgada, Direção Regional do Ordenamento do Território e dos Recursos Hídricos, 2005; FERNANDES, José Manuel, História ilustrada da arquitectura dos Açores, Instituto Açoriano de Cultura, Angra do Heroísmo, 2008; FRUTUOSO, Gaspar, Saudades da Terra, Instituto Cultural de Ponta Delgada, 1977-1987.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DREL

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO. Madalena está geminada com a Covilhã.

Autor e Data

Anouk Costa 2011

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login