Núcleo urbano da vila de Mesão Frio

IPA.00027950
Portugal, Vila Real, Mesão Frio, Mesão Frio (Santo André)
 
Núcleo urbano sede municipal. Vila situada em encosta. Vila medieval de jurisdição régia.
Número IPA Antigo: PT011704040069
 
Registo visualizado 323 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto urbano  Aglomerado urbano  Vila  Vila medieval  Vila medieval  Régia (D. Afonso Henriques)

Descrição

Acessos

EN101

Protecção

Inclui Pelourinho de Mesão Frio (v. PT011704040001)

Enquadramento

Implantado em encosta na unidade de paisagem Riba-Douro, Mesão Frio pertencente ao distrito de Vila Real e à sub-região do Douro. A vila implanta-se a N. da margem do rio Douro entre nas faldas da serra do Marão e serra da Aboboreira numa encosta dominada pela presença do rio e pela imponência do vale. A abundância de água nesta envolvente deve-se há existência de várias linhas de água e afluentes do Douro como os rios Teixeira e Sermanha. A paisagem é dominada pelas encostas íngremes onde os socalcos estreitos são cultivados de forma diversificada: milho pastagens, vinha ou pomares. Nas áreas mais elevadas a ocupação é menos intensa e é pontuada por alinhamentos de árvores, onde se destacam o carvalho, o castanheiro e o pinheiro bravo, bem como, matos de urze, queiroga, torga, tojo, carqueja ou giesta pioneira. O concelho está subdividido em 5 freguesias: Mesão Frio, Barqueiros, Cidadelhe, oliveira e Vila Marim. O município é delimitado a N e a E pelo município de Peso da Régua, a SE por Lamego e por Resende e a O. por Baião.

Descrição Complementar

Não aplicável

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Não aplicável

Afectação

Não aplicável

Época Construção

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1152, fevereiro - foral concedido por D. Afonso Henriques; 1217, 15 outubro - confirmação do foral D. Afonso II; 1513 - concessão de foral novo por D. Manuel I; 1693 - referência à existência de uma hospedaria, designada Casa da Pinta, no rocio do Pelourinho; 1758, 23 abril - as Memórias Paroquiais referem que Mesão Frio pertencia à coroa, ao bispado do Porto e comarca de Sobre Tâmega e contava com 142 vizinhos; 1809, 11 maio - destruição da Igreja paroquial de Santa Cristina pelas tropas do general Loison comandadas por Soult; 1811 - Mesão Frio pertencia à comarca e provedoria de Lamego, com juiz de fora, e à diocese do Porto, sendo donatária da Coroa; 1821 - era sede de concelho na comarca de Lamego, tendo 5 freguesias: Cidadelhe, Oliveira, Santa Cristina, S. Nicolau e Vila Marim; 1832 - pertencia à comarca de Vila Real; 1835 - Mesão Frio pertencia ao julgado do Peso da Régua; 1836 - a vila passou novamente para a comarca de Vila Real; 1889 - Mesão passou a ser comarca; 1927, 9 julho - extinção da comarca de Mesão; 1940 - mudança de designação da Praça da Erva para Largo do Cruzeiro; 1951 - obras de arranjo e calcetamento do Largo do Pelourinho; 2005 - aprovação de adaptação do solar de Vale de Couto a auditório municipal pela CM de Mesão Frio; 2013, 28 janeiro - criação da União das Freguesias de Mesão Frio (Santa Cristina e São Nicolau) e Vila Jusã, por agregação das mesmas, pela Lei n.º 11-A/2013, DR, 1.ª série, n.º 19.

Dados Técnicos

Não aplicável

Materiais

Não aplicável

Bibliografia

CAPELA, José Viriato, BORRALHEIRO, Rogério, MATOS, Henrique, As Freguesias do Distrito de Vila Real nas Memórias Paroquiais de 1758, Memórias, História e Património, Braga, 2006; DIAS, António Gonçalves, Monografia Simplificada da Misericórdia de Mesão Frio, Mesão Frio, 1993; DIAS, António Gonçalves, Faustos de Mesão Frio, Porto, 1999.

Documentação Gráfica

DGOTDU: Arquivo Histórico (Anteplano de Urbanização de Mesão Frio, Arq. Luís José Oliveira Martins, 1951; Esboceto do Anteplano de Mesão Frio, Lúcio de Azevedo Miranda, 1968)

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSARH (Urbanização de Mesão Frio, DSARH-005-4673/07); DGOTDU: Arquivo Histórico (Anteplano de Urbanização de Mesão Frio, Arq. Luís José Oliveira Martins, 1951; Esboceto do Anteplano de Mesão Frio, Lúcio de Azevedo Miranda, 1968); DGARQ/TT: Memórias paroquiais, vol. 23, nº 138, p. 871 a 882

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Rita Vale 2012

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login