Pelourinho da Silvã de Cima

IPA.00002557
Portugal, Viseu, Sátão, Silvã de Cima
 
Pelourinho quinhentista, de bola, com soco quadrangular de dois degraus e fuste octogonal, encimafo por capitel simples e esfera. É idêntico ao de Douro Calvo (v. PT021817080004).
Número IPA Antigo: PT021817110006
 
Registo visualizado 317 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Judicial  Pelourinho  Jurisdição de ordem militar  Tipo bola

Descrição

Estrutura em cantaria de granito, composta por soco quadrangular de dois degraus de faces rectilíneas e lisas, o inferior parcialmente enterrado no pavimento. Coluna de secção quadrada, de esquinas chanfradas, formando fuste oitavado, com remate circular. Capitel cilíndrico encimado por outro remate circular onde assenta, como coroamento, uma esfera ligeiramente achatada.

Acessos

EM 329 de Sátão a Penalva do Castelo; EM 229-2 de Vila Meã a Douro Calvo, ao Km 4,8, ao fundo da Silvã de Cima, no Largo da Cadeia. WGS84 (graus decimais) lat.: 40,723710; long.: -7,674375 (à freguesia)

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 23 122, DG, 1.ª série, n.º 231 de 11 outubro 1933

Enquadramento

Rural, isolado, fronteiro a antiga casa senhorial abandonada. Localiza-se, ne beira da estrada, junto a terrenos de cultivo.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Judicial: pelourinho

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Autarquia local, Artº 3º, Dec. nº 23 122, 11 Outubro 1933

Época Construção

Séc. 16 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1504, 20 Agosto - criação do Concelho por D. Manuel e provável edificação do pelourinho; pertence à Ordem Militar de Cristo; 1758, 16 Agosto - nas Memórias Paroquiais, assinadas pelo pároco Gabriel Monteiro, é referido que a povoação, com 36 vizinhos, é do rei, enquanto Grão-Mestre da Ordem; tem juiz ordinário, vereador, um procurador do concelho e escrivão da câmara.

Dados Técnicos

Sistema estrutural autónomo.

Materiais

Estrutura em cantaria de granito.

Bibliografia

MALAFAIA, E.B. de Ataíde, Pelourinhos Portugueses - tentâmen de inventário geral, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1997; SOUSA, Albano Martins de, Terras do Concelho de Sátão, Documentos para a História do Concelho de Sátão, Sátão, 1991; SOUSA, Júlio Rocha e, Pelourinhos do Distrito de Viseu, Viseu, 1998.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID; DGARQ/TT: Memórias Paroquiais (vol. 42, n.º 414, fl. 245-248)

Intervenção Realizada

Nada a assinalar.

Observações

Autor e Data

Madeira Portugal 1992 / João Carvalho 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login