Forno Medieval de Avelar / Forno de Nossa Senhora da Guia

IPA.00024373
Portugal, Leiria, Ansião, Avelar
 
Arquitectura agrícola, setecentista. Forno comunitário de planta hexagonal e fachadas rebocadas e pintadas de branco; cobertura em abóbada rematada por cruz..
Número IPA Antigo: PT021003030035
 
Registo visualizado 642 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Extração, produção e transformação  Forno  Forno de pão  

Descrição

Planta hexagonal. Fachadas rebocadas pintadas de branco, remate em empena lisa e cobertura em cúpula rematada por cruz latina de hastes trevadas; dois pináculos, um de cada lado, encimam o vértice do terceiro pano. Pano principal rasgado por portal em arco de volta perfeita, protegido por portadas em madeira.

Acessos

Praça Costa Rego, Rua da Vila, Rua da Esperança

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, destacado. Implanta-se em posição elevada em relação à via pública, sobre plataforma protegida por correntes de ferro entre varões, com acesso efectuado por escadaria de 16 degraus, rodeada por espaço ajardinado. É circundado por edifícios coevos, de interesse arquitectónico. Do lado oposto da via pública uma fonte de espaldar. Fronteiro ao forno ergue-se a Igreja Paroquial de Avelar (PT021003030029) e o Jardim público.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Extração, produção e transformação: forno de pão

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1712 - início das festas em honra de Nossa Senhora da Guia; data provável da construção do forno.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Alvenaria e cantaria, madeira.

Bibliografia

COUTINHO, José Eduardo Reis, Ansião, Perspectiva Global da Arqueologia, História e Arte da Vila e do Concelho, Coimbra,1986; http://www.ansiao.net/hist-avelar.html , consulta em 13 de Novembro 2008; http://pt.wikipedia.org/wiki/Avelar , 13 de Novembro 2008

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

JFAvelar: 2005 - restauro do forno e tratamento da envolvente.

Observações

Reza a tradição lendária que, ao Norte da vila, num sítio chamado Fetal, frequentemente aparecia aos pastores uma formosa menina, a pentear-se, e que logo desaparecia quais eles se aproximavam. Tempos depois, sendo este facto já subejamente conhecido em toda a região, e considerado milagre, o povo, levado pela sua arreigada religiosidade natural, construiu uma pequena capela onde foi colocada a imagem da Virgem Maria. Cresceu o interesse pelo facto e, em breve, as romarias incrementaram as festas de N.ª Senhora da Guia. O forno, ligado às Festas de Nossa Senhora da Guia, era aceso, havendo uma pessoa, que para cumprir sua promessa, entrava no Forno bem quente, levando nas mãos a farinha para cozer e fazer um pão enorme, e na boca, para sua protecção, flores. Diz a lenda que, graças à protecção divina, saía ileso. O pão era distribuído gratuitamente pelos peregrinos. Contemporaneamente, o forno foi convenientemente restaurado e protegido; situado ao cimo de um amplo terreiro, é a lembrança daqueles factos que passaram.

Autor e Data

Cecília Matias 2008

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login