Cisterna em Castelo Rodrigo

IPA.00022609
Portugal, Guarda, Figueira de Castelo Rodrigo, Castelo Rodrigo
 
Arquitectura infraestrutural, gótica. Cisterna de planta rectangular irregular, com três fachadas cegas e a fachada principal rasgada por duas portas, uma em arco abatido repousando sobre impostas ressaltadas do paramento murário e outra em arco de ferradura, mais estreita. Interior sem divisão, destinado a reservatório de águas.
Número IPA Antigo: PT020904030022
 
Registo visualizado 445 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Hidráulica de contenção  Cisterna    

Descrição

Planta rectangular irregular constituindo uma massa de volume simples tendencialmente horizontalizante, sem cobertura. Fachadas em cantaria de granito aparente, rematam numa fiada saliente de silhares de granito que unifica todo o volume edificado, formando falsa cornija; alguns dos silhares apresentam siglas ou marcas de canteiro. A fachada principal, voltada a SO., é rasgada por duas portas, a situada mais a N. de arco apontado, assente em impostas salientes, com acesso por quatro degraus, amparados, do lado N., por murete escalonado que parte da linha da fachada lateral. O segundo vão é mais estreito, em arco ultrapassado, levemente apontado, com acesso através de um degrau, tendo, no lado esquerdo, a inscrição "LIMPO PELO POVO EM / 8 / 1874 / 25 / FUNDO 13". As fachadas laterais e a posterior apresentam paramentos cegos, encontrando-se a última adossada a outra edificação. INTERIOR desnivelado, com acesso por treze degraus, ao espaço único com a função de reservatório de água.

Acessos

Rua da Cadeia

Protecção

Incluído na Zona de Protecção das Muralhas do Castelo (v. PT020904030002)

Enquadramento

Urbano, situado intra-muros da aldeia de Castelo Rodrigo (v. PT020904030038). Parcialmente flanqueada, situa-se entre as R. da Cadeia e a R. da Sinagoga, conformando o quarteirão de ângulo. Implantada parcialmente sobre maciço rochoso granítico, tem acesso desnivelado a partir da via, através de três degraus. Na mesma rua, situam-se edifícios residenciais que apresentam janelas e portas ornamentadas e epigrafadas (v. PT020904030035).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Hidráulica: chafariz

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 14 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 14 - provável construção da cisterna; 1874, 25 Agosto - limpeza por iniciativa da freguesia, documentada epigraficamente na fachada; 1998-1999 - renovação do pavimento da R. da Cadeia onde se implanta, ao abrigo do Programa financiado pela UE nas Aldeias Históricas.

Dados Técnicos

Estrutura mista.

Materiais

Estrutura em cantaria de granito.

Bibliografia

CARVALHO, Fausto de, Belezas da Nossa Terra, in Altitude, ano IV, n.º 7-10, Julho-Setembro 1944, pp. 151-154; MARTINS, José Canário, Notas Sôbre Arte em Riba Coa, in Altitude, ano IV, n.º 7-10, Julho-Setembro 1944, pp. 135-144; Tesouros Artísticos de Portugal, [coord. ALMEIDA, José António Ferreira de], Lisboa, 1976; CINTRA, Luis F. Lindley, A Linguagem dos Foros de Castelo Rodrigo (reprodução fac-similada da edição de 1959), Lisboa, 1984; BORGES, Júlio António, Figueira de Castelo Rodrigo. Roteiro Turístico do Concelho, Figueira de Castelo Rodrigo, 1997; Carta do Lazer das Aldeias Históricas, Roteiro de Castelo Rodrigo, vol. 3, Lisboa, 2000.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID; CMFCR; JFCR

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

DCMFCR; JFCR

Intervenção Realizada

CMFCR / JFCR: 1998 / 1999 - renovação do pavimento da R. da Cadeia, onde se implanta o imóvel.

Observações

Autor e Data

João Vilhena e Joana Vilhena 2001

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login