Casa e Quinta da Igreja

IPA.00021295
Portugal, Braga, Braga, União das freguesias de Santa Lucrécia de Algeriz e Navarra
 
Casa nobre torreada barroca, com capela.
Número IPA Antigo: PT010303390231
 
Registo visualizado 1511 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial senhorial  Casa nobre    

Descrição

Planta rectangular, com torre central. Fachadas de dois pisos, possuindo a principal, capela ao centro, e no piso superior quatro janelas. Acesso por escadaria que culmina em alpendre encostado ao lado E. da capela. O pano correspondente a esta última apresenta pedra de armas, portal enquadrado por pliastras que suportão frontão curvo interrompido, ladeado por pequenas janelas e encimado por janela recortada. Fachada posterior da casa com varanda corrida com colunata. INTERIOR da capela com coro-alto de madeira em arco de asa de cesto, com fragmentos de talha no centro.

Acessos

Rua Quinta da Igreja

Protecção

Categoria: MIP - Monumento de Interesse Público / ZEP, Portaria n.º 740-X/2012, DR, 2ª série, nº 248 de 24 dezembro 2012

Enquadramento

Rural, isolado.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa nobre

Utilização Actual

Propriedade

Afectação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1720, 20 Julho - D. Teresa Maria Ferreira Santarém, Senhora da Casa da Igreja casa com Pedro da Fonseca e Castro e Sousa Osório e Melo, Senho da Casa das Brolhas, em Lamego; Pedro da Fonseca Osório e Melo manda colocar na fachada da capela as armas da família; 1730 / 1750 - execução dos painéis de azulejos da capela, retábulo, púlpito, molduras e guarda do coro-alto; 1997, 10 Setembro - Despacho de classificação; 2012, 30 Março - publicado em D.R., 2ª série, nº 65, o anúncio 7005/2012 com o projecto de decisão relativo à classificação como Monumento de Interesse Público (MIP) e fixação da respectiva zona especial de protecção.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

SOUSA, J. J. Rigaud de, Subsídios para o Inventário Artístico da Freguesia de Santa Lucrécia de Algeriz (Braga), in Mínia, nº 5, III Série, Braga, 1997, pp. 247 - 261.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO O nome da casa advém de ter existido neste local a primitiva igreja paroquial.

Autor e Data

Joaquim Gonçalves 2004

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login